Plenária analisa recursos contra afastamento de coordenador e filiação do Sindojus (DF) à Fenajufe

Dois recursos apresentados à Plenária Nacional da Fenajufe em Campo Grande provocaram debates acalorados e movimentaram as delegações neste sábado, 10. Apresentados pelo coordenador Gerardo Lima, os recursos foram rejeitados no mérito. A deliberação aconteceu após debates e divergência sobre a possibilidade de incluir o tema em pauta.

O primeiro recurso foi contra a decisão da Reunião Ampliada da Fenajufe com os sindicatos filiados, de 8 de abril deste ano, que o afastou das funções de coordenadoria. A Ampliada aprovou ainda pedido de abertura, nos termos do artigo 30 do Estatuto da Entidade, de processo ético para apuração da conduta do coordenador. O recurso foi rejeitado por 73 votos contrários a 70 favoráveis.

O segundo recurso também apresentado pelo coordenador foi contra decisão da Diretoria Executiva da Fenajufe, que negou filiação em suas base ao Sindicato dos Oficiais de Justiça do Distrito Federal (Sindojus/DF). O recurso também foi rejeitado por 78 votos contrários a 61 favoráveis.

Ao fim de cada votação, brados de "não à fragmentação" ecoavam pelos salão principal que acolhe a XXI Plenária.