Fenajufe - Quadro Nacional de Greve da Fenajufe 2/7/2015 às 21h40

Quadro Nacional de Greve da Fenajufe 2/7/2015 às 21h40

Entidade

Situação da mobilização

GREVE POR TEMPO INDETERMINADO

Sinjuspar/PR

Em Greve por Tempo Indeterminado desde segunda-feira 25/5

Até às 20h20 não havia informações na página do sindicato sobre o resultado da assembleia realizada no dia 2/7, às 15h30.

Sintrajusc/SC

Em Greve por Tempo Indeterminado desde 8/6.

Justiça Federal em Florianópolis aprovaram a continuidade da Greve, com avaliação diária do movimento. Justiça do Trabalho e da Justiça Eleitoral da Capital decidiram encerrar a Greve.

Outras cidades que já deliberaram

JF continua em Itajaí, Caçador, Tubarão, Blumenal

JT continua em Itajaí, Balneário Camboriú, Navegantes, Joaçaba, Blumenal

Sindjus/DF

Em Greve por Tempo Indeterminado desde 9/6.

A Assembleia-Geral (1º/7) decidiu pela continuidade da greve e fortalecimento da greve. ,

Calendário de mobilização aprovado:

Sexta-feira (3/7)

Piquetes nos locais de trabalho;

Reunião do Comando de Greve

Segunda-feira (6/7)

Assembleia-Geral, às 15h, com local a definir

Também foram aprovados os seguintes pontos:

1. Trabalhar junto ao STF o Projeto de Lei do Congresso (PLN) voltado à suplementação orçamentária para garantir a implantação do PLC 28;

2. Fortalecer a comissão de servidores que atuaram no Aeroporto e Senado, visando agradecer os senadores que defenderam o PLC 28;

3. Buscar os senadores para viabilizar a proposta do senador Cristovam de criar uma comissão de senadores para pedir para Dilma sancionar o projeto;

4. Utilizar mais a mídia;

5. Produzir mais matérias de convencimento;

6. Atuação do Comando de Greve junto à Coordenação de Comunicação para rebater as críticas feitas pela mídia ao PLC 28;

7. Realizar campanha de filiação em massa, no intuito de fortalecer o sindicato;

8. Exigir do STF uma nota em defesa da categoria, rebatendo as mentiras do governo e da mídia;

  1. Cobrar que Lewandowski/Amarildo e Janot/Lauro Cardoso repassem ao Sindjus e à Fenajufe todos os passos da negociação;
  2. Foco na campanha Sanciona Dilma;
  3. Utilizar mídias alternativas para defender os PLC 28 e 41;
  4. Fazer carta a Janot e Lewandowski cobrando empenho na atuação de ambos para implantação dos PLCs 28 e 41;
  5. Usar com intensidade total as redes sociais, de modo que os servidores, com apoio de familiares e amigos, defendam os PLCs 28 e 41;
  6. Pedido de direito de resposta a todas as mídias que se posicionaram de forma negativa contra nossa recomposição salarial;
  7. Fortalecimento dos piquetes;
  8. Primeiro trabalhar a sanção, depois a derrubada do veto (se houver);
  9. Oficiar o STF dizendo que a categoria não aceita outro plano ou proposta que não seja o PLC 28 aprovado pelo Plenário do Senado;
  10. Nota de repúdio ao presidente da associação dos advogados da União;
  11. Fim do acampamento, em razão dele ter cumprido seu objetivo e dos altos custos para sua manutenção;
  12. Promover um dia de doação de sangue e fazer campanha de cadastramento para doação de medulas

Sintrajufe/RS

Em Greve por Tempo Indeterminado desde 9/6..

Em assembleia geral, a categoria decide: fortalecer a greve pela sanção presidencial, com novo Apagão dias 8 e 9

A greve do Judiciário Federal no RS tem sido marcada por assembleias gerais lotadas, e não foi diferente nesta quinta-feira, 2, quando a categoria tomou as varas trabalhistas e aprovou a continuidade do movimento paredista. Com a presença de servidores de todos os ramos (Trabalho, Federal, Eleitoral e Militar), da capital e do interior, e de aposentados da categoria, a assembleia aprovou, ainda, um novo Apagão do Judiciário na próxima semana, em 8 e 9 de julho, o "Apagão pela Sanção", com assembleia geral no dia 9, próxima quinta-feira.

No início da assembleia, a direção do Sintrajufe/RS saudou a categoria, que, na terceira semana da greve, registra adesão em todos os estados do Brasil e em 89 cidades do RS.

Sintrajufe/RS ajuizará ações buscando direito de resposta na mídia

Além da continuidade da greve e do Apagão nos dias 8 e 9 de julho, a assembleia geral aprovou que o Sintrajufe/RS ajuíze ações de direito de resposta nos veículos de comunicação que estão divulgando inverdades sobre a reposição salarial da categoria.

Sindicato realiza campanha: Entre em contato com a mídia e exija espaço para o Sintrajufe/RS esclarecer sobre a reposição salarial da categoria

A assembleia geral desta quinta-feira, 2, aprovou indicação do Comando Estadual de Greve de que sejam divulgadas, na categoria, informações de contatos com a mídia. O objetivo é que os servidores enviem mensagens aos veículos de comunicação, solicitando a abertura de espaço para que o Sintrajufe/RS possa esclarecer a população sobre a reposição salarial da categoria.

Desde a aprovação do PLC 28/15, dia 30, vários veículos de comunicação têm divulgado informações falsas e/ou opiniões tendenciosas, que levam a população a pensar que a reposição salarial é um “privilégio” ou algo “indecente”. O Sintrajufe/RS também está em contato com a mídia, em busca de espaço de esclarecimento. 

Além disso, a assembleia geral aprovou que o sindicato buscará direito de resposta mediante ações judiciais. De qualquer forma, se a categoria fizer uma grande pressão, com mensagens via Whatsapp, e-mails e comentários no perfil desses veículos no Facebook, a pressão será muito maior.

IMPORTANTE: Os colegas devem mencionar, em suas mensagens, o telefone (51) 3235-1977 e o O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. para contato com o Sintrajufe/RS.

Sanciona, Dilma: abaixo-assinado pressiona presidente a sancionar projeto de reposição salarial

Servidores do Judiciário Federal e do MPU criaram um abaixo-assinado online a fim de pressionar a presidente Dilma Rousseff (PT) a sancionar o PLC 28/15 e o PLC 41/15, de reposição salarial das categorias.

Vá até o endereço http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR82874 e assine. Divulgue, vamos colocar pressão total para Dilma sancionar.

Sitraemg/MG

Em Greve por Tempo Indeterminado desde 10/06

2/7 - Em assembleia geral extraordinária os servidores decidiram continuar a greve por tempo indeterminado até a sanção do PLC 28/13 (reposição salarial), pela presidente Dilma, ou – caso ela o vete – a derrubada do veto no Congresso Nacional.

03/07, sexta-feira, 12h: ato público em frente ao prédio do TRE/MG da Avenida Prudente de Morais, 100, BH

06/07, segunda-feira, 12h: ato público em frente ao prédio do TRT da Rua Mato Grosso, 468, BH

07/07, terça-feira, 12h: ato público em frente ao prédio do TRT da Avenida Getúlio Vargas, 225, BH

08/07, quarta-feira, 12h: ato público (com casamento simbólico de Dilma com Lewandowski) e AGE (às 13h em primeira chamada e 13h30 em segunda chamada), em frente ao prédio da Justiça Federal  da Avenida Álvares Cabral, 1.741, BH.

Sisejufe/RJ

Em greve por tempo indeterminado desde 10/6.

Em reunião na noite desta quinta-feira (1/7), o Comando de Greve se posicionou a favor da intensificação da mobilização e quer fazer pressão para que Dilma sancione o PLC 28/15. O grupo aprovou a convocação de assembleia-geral para consultar a categoria se mantém a paralisação, iniciada no dia 10 de junho. O ato acontecerá no dia 7 de julho, na Candelária, às 16h.

Também foi aprovada a criação de um Grupo de Trabalho formado por diretores e pelos servidores Alexandre Magno, Mauricio Renault e David Cordeiro para discutir questões como a mobilização da greve. Ficou decidido, então, que serão abertas inscrições no site para que os servidores interessados formem uma comissão de mobilização para acompanhar a diretoria nas articulações com parlamentares em Brasília durante a greve.

O comando também aprovou a confecção de uma nova carta para ser distribuída à população em atos públicos e passeatas. Serão impressas 20 mil cópias. Entre os dias 6 e 10 de julho, o material será panfletado nos polos regionais e sessões da Justiça Federal.

Pedido para que parlamentares e ministros do STF pressionem Dilma

O comando orienta os servidores a enviarem cartas por email aos membros do Congresso e aos ministros do STF para que estes pressionem a presidenta Dilma a sancionar o PLC 28/15. O modelo de carta e os endereços eletrônicos dos parlamentares e ministros serão disponibilizados no site do Sisejufe.

Ficou deliberado que o comando solicitasse à Fenajufe a proposição de uma carta cobrando posicionamento do presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowski, na defesa da sanção do PLC 28/15, exigindo que se faça valer a autonomia do Poder Judiciário.

Estratégia nas redes sociais

Os presentes à reunião pediram a produção de uma campanha publicitária e de um vídeo para circular nas redes sociais, explicando o PLC 28/15 e os motivos da greve. O projeto será submetido à viabilidade orçamentária. O grupo decidiu também estimular entre a categoria a publicação de textos curtos nos perfis pessoais do Facebook, para que os amigos e familiares dos servidores tenham conhecimento que o projeto não é de aumento salarial e sim reposição das perdas inflacionárias.

Dia D vai mobilizar servidores nos foros e tribunais com pouca adesão

O comando aprovou o Dia D, com diversas atividades para movimentar os locais onde a adesão à greve ainda é baixa. A ideia é convocar servidores de todos os foros e tribunais para participar do evento. O primeiro ato será na próxima terça-feira, 7 de julho, às 11h, na porta da JF Venezuela. Às 14h, haverá um apagão. E depois, todos seguirão para a assembleia-geral, que acontece às 17h, na Candelária.

No interior, baixada e metropolitana o comando orienta os servidores a realizar atos itinerantes, para que possam visitar os foros e tribunais de outros colegas.

Também foram aprovados novos ‘tuitaços’ e a realização de atividades lúdicas e culturais para manter o fôlego do movimento. Neste sentido, já estão programadas novas esquetes de teatro e a participação de uma bandinha durante os apagões. Nas passeatas, serão mantidas as paródias, mas elas deverão ter letras mais curtas.

Sindjuf/PA-AP

Amapá

Em Greve por Tempo Indeterminado desde 10/06 na Justiça Federal

Até às 20h30 não havia resultado da Assembleia de 2/7, às 17h.

Pará

7/7 – Haverá assembleia setorial no TER/PA, às 9 horas.

8/7 – Paralisação de 24 horas no TER/PA

Sindijufe/MT

Em Greve por Tempo Indeterminado desde 10/06.

Continuidade da greve por tempo indeterminado.

Veja o quadro da greve no TRT, TRE e JF, respectivamente.

http://www.sindijufe.org.br/index.php?pg=ler&id_con=19390

http://www.sindijufe.org.br/index.php?pg=ler&id_con=19389

http://www.sindijufe.org.br/index.php?pg=ler&id_con=19388

Sintrajud/SP

Em greve por tempo indeterminado desde 10/6.

Servidores do Judiciário Federal em SP decidem manter a greve

Servidores do Judiciário Federal no Estado de São Paulo decidiram nesta quinta-feira, 2, em assembleia no Fórum Trabalhista Ruy Barbosa, na Barra Funda (zona oeste da capital paulista), manter a greve por tempo indeterminado iniciada no último dia 10.

A categoria exige a sanção da presidente Dilma Rousseff ao projeto de recomposição salarial (PLC 28/2015) aprovado pelo Senado na terça-feira.

A greve atinge todo o país, afetando a Justiça Federal, a Justiça Trabalhista e a Justiça Eleitoral. Em onze estados e no Distrito Federal os servidores já decidiram em assembleias manter a greve até a sanção do projeto.

Segue o link do vídeo da assembleia geral realizada nesta quinta-feira, 2 de julho:

https://www.youtube.com/watch?v=lxMy_MvZHBs&feature=youtu.be

Sintrajufe/PI

Em greve por tempo indeterminado 11/6.

 A assembleia dessa quinta-feira, dia 2, aprovou por unanimidade a greve no estado do Piauí até amanhã (03/06) decidindo intensificar a mobilização. A AG apontou que na segunda (06/06) avaliaremos sobre os rumos a serem tomados.

A intensificação da mobilização está diretamente relaciona com o trabalho que será realizado pelo comando de greve por local de trabalho, como foi aprovado na assembleia de ontem.

Vamos intensificar a campanha pela sansão do PCS, para tal faremos uma grandiosa mobilização em torno de arrecadar recursos financeiros e elaborar um vídeo explicativo direcionado a população, que combata a falácia governo sobre a nossa reposição e as mentiras vinculadas na mídia. Para a campanha faremos também, camisas e adesivos com o título: Se vetar o Brasil vai parar! Sanciona Já!

Sintrajufe/MA

Em greve por tempo indeterminado na JF (desde 11/6),  JT e JE.

Assembleia nesta sexta-feira, 3, na Procuradoria da República do Maranhão para deliberar sobre estratégias de pressão pela aprovação do PLC 41/2015, que trata do reajuste dos ministeriais.

Eles decidiram que farão paralisação de 24h na próxima terça-feira, dia 7, para acompanhar a votação do PLC 41. Os servidores estarão concentrados na sede da Procuradoria da República do Maranhão, no bairro da Areinha, em São Luís, para a mobilização.

Em março, os servidores do MPU chegaram a fazer greve por revisão salarial e jornada de trinta horas.

Mais uma vez a categoria demonstrou disposição para a luta! A Grande Assembleia Geral desta quinta-feira, 2 de julho, pode entrar para a histórica como uma das maiores já realizadas pelo Sintrajufe, e nela os trabalhadores referendaram o indicativo vindo do Comando Nacional: é greve até a sanção dos reajustes do Judiciário Federal e do MPU.

Assim, com as falas feitas reforçando a mobilização, foi aprovada por unanimidade pelo plenário a manutenção da greve até a sanção presidencial.

Nesta sexta-feira, 3, os grevistas voltam a se reunir nos locais de trabalho. A seguir, o quadro de greve no Estado. Nas imagens, momentos da Assembleia Geral desta quinta-feira, dia 2 de julho.

 QUADRO DA GREVE NO MARANHÃO PELOS PLC 28, 25 E 41!

ATUALIZADO EM 02 DE JULHO DE 2015, 15h39

 SÃO LUÍS:

A greve atinge:

- Justiça Federal (Calhau e Areinha);

- Justiça do Trabalho de Primeira e Segunda Instâncias (Fórum Astolfo Serra e TRT Sede)

- e Eleitoral Sede (TRE).

Imperatriz:

- Justiça Federal e Trabalhista (fazem avaliação das atividades/votação em Brasília nesta quarta-feira sobre continuidade. Têm realizado atos e concentrações em conjunto dos dois órgãos).

Caxias: - Justiça Eleitoral (aderiu sexta-feira, dia 26 de junho).

Bacabal:

- Justiça Federal (aderiu dia 29 de junho);

- Trabalhista (aderiu dia 30).

Balsas: - Justiça Federal (por tempo indeterminado desde segunda, 29 de junho).

Arari: - Eleitoral (aderiu dia 25 de junho).

Itapecuru-Mirim:

- Eleitoral (16ª Zona aderiu 29, atendendo apenas demandas urgentes e segue até dia 3 de julho, quando volta a avaliar o quadro).

- São João dos Patos e Sucupira do Riachão (53ª ZE):

- Eleitoral (53ª Zona, aderiu dia 29 de junho, segunda-feira).

Matões: - Eleitoral (81ª Zona Eleitoral aderiu 18 de junho).

Pedreiras: - Justiça Eleitoral aderiu dia 30 de junho.

Araioses: - Eleitoral entra nesta quarta-feira, 1º de julho

Pastos Bons: - Eleitoral avalia entrada na greve e comunicará sindicato.

Santa Inês: Zonas Eleitorais (57ª e 77ª) aderiram dia 2 de julho.

O Sintrajufe e a base do Sindicato em Bacabal falaram com o senador João Alberto no último sábado sobre o PLC 28, como informado no site do Sintrajufe. Os servidores do Judiciário Federal na cidade, notadamente na JF, promoveram uma massiva campanha de filiação para fortalecer a entidade e a reivindicação pelo reajuste.

Sinjutra/PR

Em greve por tempo indeterminado desde 12/6.

Os servidores da Justiça do Trabalho realizam nova assembleia, na sexta-feira (3), às 14h, no saguão do Fórum Trabalhista de Curitiba, para deliberarem sobre a greve no estado. O sindicato convocou representantes do interior para participar.

Servidores de Londrina, Maringá, Foz do Iguaçu e Ponta Grossa já confirmaram presença. A coordenação do Sinjutra pretende reunir o maior número possível de representantes do interior e da Região Metropolitana de Curitiba para a discussão sobre os rumos do movimento grevista no estado.

O coordenador do sindicato Miguel Szollosi, que participou da reunião da Fenajufe com os sindicatos na quarta-feira (1) , em Brasília, repassou aos servidores concentrados no Prédio das Varas do Trabalho, nesta quinta (2), que a definição é manter e fortalecer a greve. Um passo importante foi conquistado com a votação do projeto de reajuste dos servidores no Plenário do Senado, mas o próximo, veto ou sanção da presidente Dilma, demanda muita luta nos próximos dias.

Informou que os representantes dos sindicatos foram unânimes na decisão e que assembleias estaduais devem ratificar o que foi deliberado na reunião nacional até o final desta semana.

Miguel relatou ainda a pressão exercida sobre os parlamentares em Brasília na última terça-feira, 30 de julho, e destacou que o resultado da votação no Senado só  foi possível devido à  força da greve nos estados.

Mobilização Curitiba

Nova varredura ocorre na sede do Tribunal, que abriga os gabinetes dos desembargadores. A comissão de servidores está percorrendo as unidades, incentivando os servidores a engrossaram o movimento grevista. 

Sintrajuf/PE

Em greve por tempo indeterminado na JF e TRF, desde 15/6.

TRF – até às 20h35 não havia informações na página do sindicato sobre o resultado da assembleia do dia 2/7, às 15h.

JE - até às 20h35 não havia informações na página do sindicato sobre o resultado da assembleia do dia 2/7, às 17h.

JT - Servidores da Justiça do Trabalho em Pernambuco suspenderam a greve por tempo indeterminado em assembleia nesta quarta (01). Eles decidiram ficar em estado de greve com assembleias permanentes para avaliar os desdobramentos relativos ao PL 28/15.
Na próxima semana, na terça-feira (07), haverá assembleia na Sudene às 14h. No dia seguinte (08), a assembleia acontece na sede do TRT, também às 14h.

Sintrajufe/CE

Em greve por tempo indeterminado desde 16/6.

Em assembleia realizada ontem, 2/7, a categoria decidiu permanecer em greve até ulterior deliberação.

Sindjufe/BA

Em greve por tempo indeterminado desde 16/6.

Em Assembleia Geral nesta tarde, os servidores deliberaram manter a greve na Bahia com nova AG na segunda-feira (6), às 13h, seguida de ato público no TRT Comércio. Haverá ainda reunião com o presidente do TRT5  na sexta-feira (3), às 9h. Em seguida, haverá uma reunião com os servidores do TRT no local.

Na segunda (6) haverá ainda setoriais no TRT Comércio às 10h e na JF às 11h.

Sindjus/AL

Greve por tempo indeterminado desde 17/6.

Os servidores do Judiciário Federal participaram de uma assembleia geral de avaliação do movimento grevista e decidiram acatar os encaminhamentos do Comando Nacional de Greve que deliberou pela manutenção da greve.

A assembleia geral aconteceu em frente ao prédio das Varas do Trabalho no início da tarde desta quinta-feira (02).

Atividade da greve

Na sexta-feira (03), a concentração será na Justiça Federal a partir das 9 horas.

Sitra/AM-RR

Início da greve por tempo indeterminado, 18/6 na JT e dia 29/06 JF e JE.

Os servidores da Justiça do Trabalho da 11ª Região (AM/RR) decidiram manter e fortalecer o movimento de greve até a sanção do PLC 28 pelo Poder Executivo, com avaliações diárias do movimento em assembleias permanentes.

Os servidores decidiram, também, realizar atividades de arrastão nos prédios do tribunal e realizar atos de mobilização públicos nas quartas-feiras, conforme encaminhamento dado pelo comando de greve nacional.

A assembleia permanente terá como objetivo avaliar o movimento nacional e as conjunturas em torno do PLC 28 até a data limite para sanção ou veto (22/07).

Sinpojufes/ES

Inicio da por tempo indeterminado desde 19/6.

Até às 20h45 não havia no site do sindicato informações sobre o resultado da assembleia marcada para 2/7, às 13h

Sindijufe/RO-AC

Em greve por tempo indeterminado no TRE/RO (desde 22/6) e JF de RO e AC.

Site em manutenção.

Sinjufego/GO

Greve por tempo indeterminado desde 22/6.

Aprovado na assembleia extraordinária de hoje (1º/07), na qual se decidiu pela continuidade da greve de Goiás por prazo indeterminado, com avaliação na próxima segunda-feira (06/07), às 12h, na sede do TRT-GO, ficou agendada a seguinte atividade para amanhã, quinta-feira, (02/07):

O Sinjufego continua firme na greve. Amanhã, sexta-feira, dia 03/07, consta a seguinte programação:

12h - Concentração unificada dos servidores grevistas do TRT, TRE e JF na entrada do prédio sede do TRE-GO, Praça Cívica, com deslocamento posterior até à sede da JF-GO.

Campanha Nacional

Para combater o ataque da imprensa, os servidores grevistas de Goiás, reunidos na data de hoje (02/07) na entrada do Fórum Trabalhista, aprovaram a proposta de cobrar da Fenajufe a realização de uma campanha nacional que busque esclarecer à sociedade o papel desempenhado pelos servidores do Poder Judiciário Federal. A proposta da assembleia do Sinjufego inclui a cotização entre os sindicatos para viabilizar financeiramente os custos da veiculação.

Fenajufe deve cobrar urgente posicionamento do STF

Foi aprovado pelos grevistas de Goiás que a Federação cobre urgente posicionamento do presidente do STF, que o ministro Ricardo Lewandowski saia do muro, da omissão e assuma publicamente a defesa da sanção do PLC 28/2015.

Guerrilha Virtual

Também foi aprovada a criação de uma "guerrilha" virtual para combater os ataques da mídia eletrônica contra o projeto dos servidores. Vai ser elaborado um texto padrão para responder as distorções apresentadas pela imprensa.

Carta aos Juízes

Será elaborada ainda uma carta para cada magistrado das três Justiças buscando apoio à causa dos servidores, bem como para que não haja retaliação ao direito de greve dos servidores. 

Ato do Sinjufego no STF

Como forma de pressionar, e dependendo do cenário do momento, a assembleia do Sinjufego aprovou a indicação de se realizar ato em frente ao Supremo no dia 05/08/2015, às 15h.

Sindiquinze/SP

Em greve nacional por tempo indeterminado desde 22/6

Os servidores aprovaram hoje, 2 de julho, em Assembleia Estadual dar continuidade e ampliar a greve, que vai completar duas semanas amanhã. A aprovação da PLC 28/15 pelo Senado no último dia 30 de junho foi uma importante vitória, mas apenas mais um passo para a conquista do reajuste.. 

Na assembleia, a continuidade da greve foi aprovada pela grande maioria dos presentes, com três abstenções. Servidores de várias regiões do estado comprometeram-se a não só permanecer em greve como também convencer os colegas de que a única forma de pressionar é paralisar totalmente os trabalhos.

A assembleia contou com servidores de Campinas, São José do Rio Preto, Bauru, Ribeirão Preto, Piracicaba, São Carlos, Americana, Hortolândia, São João da Boa Vista, Mogi Guaçu, Catanduva e Fernandópolis. 

Os servidores também deliberam a formação de um Comando Regional de Greve, que será formado por um representante de cada sub-sede que está em greve na 15ª Região. Também foi marcada uma nova assembleia para o próximo dia 8 de julho, quarta-feira, para avaliar e deliberar sobre a continuidade do movimento. 

Campanha

Seguindo a indicação do Comando Nacional de Greve da Fenajufe, além da manutenção e fortalecimento da greve para garantir a sanção do projeto, será criada em nível regional a campanha "Sanciona Dilma".

Sinje/CE

Inicio da Greve por tempo indeterminado desde 16/6

Até às 21h não havia informação atualizada na página do sindicato sobre a greve.

Sindjef/AC

Em Greve por tempo indeterminado desde o dia 22/6 na Justiça Federal e Justiça eleitoral.

  o SINDJEF/AC em assembleias realizadas nos dias 1 e 2 de julho, foi aprovado a unanimidade a continuação da greve por tempo indeterminado como forma de pressionar a presidente Dilma a sancionar o PLC 28/2015, com nova assembleia no dia 6 para avaliação do movimento, fico decidido também procurar os parlamentares da bancada federal para pedi apoio para sanção do PLC 28

Sindjuf/SE

Em Greve por tempo indeterminado desde 22/6.

Até às 21h10 não havia informação atualizada na página do sindicato.

Sinjeam/AM

Até às 21h10 não havia informação atualizada na página do sindicato.

Sindjufe/MS

Em greve desde segunda-feira (22/06)

Servidores do Judiciário Federal de Mato Grosso do Sul decidem em assembléia, hoje, quarta-feira (01/07) pela manutenção da greve até o final do prazo para sanção presidencial do PLC 28/2015.

Na concentração de forças dos servidores do Poder Judiciário Federal buscamos a recomposição de vencimentos da categoria, veiculado pelo PLC 28/2015 de autoria do Supremo Tribunal Federal (STF) e contamos com a compreensão e apoio de toda a Magistratura e da sociedade, posto que a aprovação legislativa do referido PLC, já foi alcançada e agora a luta é pela sua sanção presidencial.

Sindjufe/TO

Greve por tempo indeterminado a partir de 29/06.

Após receber calorosamente a delegação de servidores que representaram o Tocantins nas mobilizações ocorridas nas datas de 29 e 30 de junho em Brasília e, após breve explanação sobre os acontecimentos por eles vivenciados, os servidores do Poder Judiciário Federal no Tocantins, deliberaram pela continuidade da paralisação por tempo indeterminado.

Os servidores que estiveram em Brasília foram unânimes em afirmar que somente com uma greve forte será possível ver o projeto se transformar em lei.

Assim, a exemplo do Acre, Distrito Federal, Goiás e Mato Grosso do Sul, que deliberaram na data de hoje pela manutenção da greve, o Tocantins seguirá em frente com a sua paralisação.

Após a assembleia os servidores se dirigiram ao TRE onde ocorria a posse da nova presidência e lá fizeram manifestação pacifica em prol da aprovação definitiva do PLC 28/2015.

MOBILIZAÇÃO

Sintrajurn/RN

Em greve por tempo indeterminado desde 15/6

Em decisão apertada, servidores do judiciário federal no RN suspende greve

Com um placar de 113 a 110, os servidores do judiciário federal no RN decidiram suspender a paralisação e manter o estado de greve até o veto/sanção da presidente Dilma ao PLC 28/2015. A votação foi acirrada e teve contagem manual dos votos para garantir o processo. Com a manutenção do estado de greve os servidores pretendem se manifestar semanalmente.

 A assembleia ocorrida na manhã desta quinta-feira, 02, em frente ao TRT 21 começou com a avaliação do processo que levou à aprovação do PLC 28, a tramitação e articulações ocorridas em Brasília no dia 30 e a orientação do Comando Nacional de Greve em manter o movimento grevista para garantir a sanção do projeto.

Semanalmente os servidores se encontrarão em Atos/assembleias para avaliar o processo. Nos dias das manifestações ocorrerão apagões (paralisação de 24 horas com manutenção de 30% dos serviços.

O primeiro Ato com assembleia ocorre no dia 09/07 (quinta-feira) às 10h no TRT.

Sindjuf/PB

Em greve por tempo indeterminado desde 17/6.

Em assembleia realizada no dia 1/7 a categoria avaliou que o plano pode até ser vetado, mas a categoria continuará lutando. Por hora ficou decidido a suspensão da greve e manutenção do Estado de Greve . Na próxima Assembleia Geral será avaliado a possibilidade da volta do movimento grevista.

Calendário de Lutas e Atividades:

• Assembleia Geral Extraordinária 03 de Julho (sexta-feira) na Sala de Treinamento do 4° Andar do TRE, às 10h30;

• Atividades Culturais toda sexta-feira (ainda será definido hora e local);

• Assembleia Geral Extraordinária no oitavo dia do prazo de sanção da Presidente da República;

• Paralisação e Assembleia no dia 10/07 (sexta-feira). 

Sindissétima/CE

Estado de greve aprovado na assembleia de 10/6.

Dia 1º de julho de 2015, no pátio externo do Edifício D. Helder Câmara – Av. Tristão Gonçalves, 912 – Centro, Fortaleza-CE, às 14h em primeira convocação e às 14h30min em segunda convocação; 

Dia 2 de julho de 2015, na sala do SINDISSÉTIMA: Av. Santos Dumont, 3384- Aldeota – Fortaleza-CE, às 14h em primeira convocação e às 14h30min em segunda convocação.

Até, às 19h45 não havia informação na página do sindicato sobre o resultado das assembleias.

 

Em greve por tempo indeterminado na JF (desde 11/6),  JT e JE.

Mais uma vez a categoria demonstrou disposição para a luta! A Grande Assembleia Geral desta quinta-feira, 2 de julho, pode entrar para a histórica como uma das maiores já realizadas pelo Sintrajufe, e nela os trabalhadores referendaram o indicativo vindo do Comando Nacional: é greve até a sanção dos reajustes do Judiciário Federal e do MPU.

Assim, com as falas feitas reforçando a mobilização, foi aprovada por unanimidade pelo plenário a manutenção da greve até a sanção presidencial.

Nesta sexta-feira, 3, os grevistas voltam a se reunir nos locais de trabalho. A seguir, o quadro de greve no Estado. Nas imagens, momentos da Assembleia Geral desta quinta-feira, dia 2 de julho.

 QUADRO DA GREVE NO MARANHÃO PELOS PLC 28, 25 E 41!

ATUALIZADO EM 02 DE JULHO DE 2015, 15h39

 SÃO LUÍS:

A greve atinge:

- Justiça Federal (Calhau e Areinha);

- Justiça do Trabalho de Primeira e Segunda Instâncias (Fórum Astolfo Serra e TRT Sede)

- e Eleitoral Sede (TRE).

Imperatriz:

- Justiça Federal e Trabalhista (fazem avaliação das atividades/votação em Brasília nesta quarta-feira sobre continuidade. Têm realizado atos e concentrações em conjunto dos dois órgãos).

Caxias: - Justiça Eleitoral (aderiu sexta-feira, dia 26 de junho).

Bacabal:

- Justiça Federal (aderiu dia 29 de junho);

- Trabalhista (aderiu dia 30).

Balsas: - Justiça Federal (por tempo indeterminado desde segunda, 29 de junho).

Arari: - Eleitoral (aderiu dia 25 de junho).

Itapecuru-Mirim:

- Eleitoral (16ª Zona aderiu 29, atendendo apenas demandas urgentes e segue até dia 3 de julho, quando volta a avaliar o quadro).

- São João dos Patos e Sucupira do Riachão (53ª ZE):

- Eleitoral (53ª Zona, aderiu dia 29 de junho, segunda-feira).

Matões: - Eleitoral (81ª Zona Eleitoral aderiu 18 de junho).

Pedreiras: - Justiça Eleitoral aderiu dia 30 de junho.

Araioses: - Eleitoral entra nesta quarta-feira, 1º de julho

Pastos Bons: - Eleitoral avalia entrada na greve e comunicará sindicato.

Santa Inês: Zonas Eleitorais (57ª e 77ª) aderiram dia 2 de julho.

O Sintrajufe e a base do Sindicato em Bacabal falaram com o senador João Alberto no último sábado sobre o PLC 28, como informado no site do Sintrajufe. Os servidores do Judiciário Federal na cidade, notadamente na JF, promoveram uma massiva campanha de filiação para fortalecer a entidade e a reivindicação pelo reajuste.