Fonasefe realiza Ampliada nos dias 3 e 4 de fevereiro

Fenajufe orienta os sindicatos filiados a participarem. Momento terá como objetivo a luta contra as reformas de Temer

Acontece no San marco Hotel, em Brasília nos dias 3 e 4 de fevereiro a Reunião Ampliada do Fonasefe que definirá estratégias de resistência, luta e união dos servidores federais com foco principal no combate a Reforma da Previdência.

No encontro serão debatidas questões políticas da conjuntura de ataques aos trabalhadores tanto do serviço público quanto da iniciativa privada; a Campanha Salarial de 2018 do segmento, aprovando a pauta de Reivindicações, dentre outros temas.  

Outros assuntos debatidos são o PL da Negociação Coletiva e campanha salarial dos SPFs (PL 3831/2015), a EC 95/17, o PLS 116/17, a MP 805 (que suspende os reajustes do funcionalismo e aumento na alíquota de desconto previdenciário) e o Decreto 9262/18, que extinguiu 60.900 cargos na Administração Pública Federal, 23 mil dos quais, preenchidos.

A programação ficou assim definida:

03/02 – SÁBADO

9h às 12h – Análise de conjuntura

Mesa com representantes das seguintes entidades: CSP-Conlutas, CTB E CUT.

 

14h às 19h – PANEIS

1 - Emenda Constitucional 95/2016 e seus impactos no Serviço Público.

Exposição: ANDES-SN

 

2 - Reforma Trabalhista e terceirização.

Exposição: FENAJUFE

 

3 - Reforma da Previdência e os regimes próprios.

Exposição: FONACATE

 

4 - As Medidas do Governo e seus impactos para no Serviço Público e para os servidores “Decreto nº 9.262, que extingue 60.923 cargos da Administração, PLS 116/17, MP 850/17 ( aumenta a alicota da previdencia e prorroga aumento salarial), PLP 459/17  e Pacote do governo ( proibe concursos, PDV dentre outros) “

Exposição: FASUBRA

 

5 - Perspectivas para a Campanha salarial 2018 com foco nas “PLS 3831/15 ( negociação coletiva),  Decreto Presidencial nº 7944/2013,  Convenção nº 151 da OIT, Recomendação nº 159 da OIT, Decreto Legislativo nº 206 / 2010  e ACORDÃO DO STF no  MI 712 (que determina a aplicação Lei 7783/89  e estrutura a forma do Julgamento das greves do serviço publico)”.

 

04/02 – DOMINGO

8h30 às 12h – Grupos de Trabalho – Debates e estratégias de enfrentamento.

14h às 18h – Apresentação dos trabalhos em grupo e encaminhamentos

 

Philipe Moreira, estagiário sob supervisão de Luciano Beregeno.