Fenajufe retoma os trabalhos em defesa dos Quintos no STF

Retomando os trabalho e as articulações em defesa dos quintos os Coordenadores da Fenajufe, Costa Neto e Erlon Sampaio (plantonistas da semana) estiveram nesta quinta-feira (31/01) no STF entregando memorias nos gabinetes dos Ministros no sentido de firmar convencimento de que seja garantida a segurança jurídica e a coisa julgada em relação aos Embargos de Declarações no RE 638.115.

Em razão da grande possibilidade de votação desses embargos declaratórios nesta quinta-feira, 01/02, os coordenadores intensificaram os trabalhos com entrega dos memoriais também no sentido de convencê-los da legitimidade do pleito e preservação de garantia do direito adquirido dos servidores, porque caso contrário haverá uma grande perda salarial e uma comoção nunca vista no âmbito do Judiciário Federal.

Não dá para afirmar que o Recurso Extraordinário será julgado amanhã (01/02) em sessão do STF, mas em virtude de se tratar da sessão inaugural de 2018, existe uma grande possibilidade de que os ministros "limpem" a pauta.

Atenta a essa importante questão para a nossa categoria a Fenajufe continuará a empregar todos os esforços no sentido de que esse direito não seja retirado dos trabalhadores do Judiciário Federal.

Portanto, a Fenajufe convoca toda a categoria para mobilização em favor dessa importante pauta da categoria que ocorrerá amanhã, 1 de fevereiro. A nossa luta faz acontecer!!!!