Fenajufe - Conap termina com certeza de união para enfrentamento dos ataques a direitos dos aposentados

Conap termina com certeza de união para enfrentamento dos ataques a direitos dos aposentados

 

 

 

Iniciando os trabalhos da tarde no 4º Conap, o coordenador da Fenajufe, Saulo Arcangeli, ao lado do coordenador Marcos Santos, saudou a todos os presentes e recomendou aos presentes, promoverem encontros de aposentados também nos estados dos sindicatos filiados.

Primeira painelista da tarde, a advogada Araceli Alves Rodrigues tratou da PEC 555 e da proposta de aumento da alíquota de contribuição previdenciária de 11% para 13%. Após os temas tratados, a advogada reforçou a necessidade da acompanhar os processos em andamento, pressionando pela melhoria da qualidade de vida dos aposentados do judiciário.

O segundo painelista da tarde foi  o servidor aposentado ao Sintrajud/SP e advogado, Flávio Conrado Júnior. Ele trouxe questões voltadas à PEC 56, que se refere a aposentadoria por invalidez do servidor do judiciário. Foram apresentados dados referentes ao tema, apontando a diminuição do número de servidores da categoria que se aposentaram por invalidez entre 2009 e os dias de hoje. O palestrante concluiu destacando que o tema merece ser mais profundando com atos e movimentos entre a Fenajufe e o Governo.

Em seguida, Alexandre Marques, Assessor Parlamentar do Sindiquinze (S) e do Sisejufe (RJ) e Assessor Institucional da Fenajufe versou sobre a GAS (Gratificação de Atividade de Segurança) na aposentadoria. Marques tratou da tramitação do projeto que culminou na lei 11.416/2016 instituindo a GAS para o Agentes de Segurança do PJU. O painelista relatou ainda as dificuldades enfrentadas na tramitação de projetos de interesse dos servidores nas casas legislativas.

Ao fim dos painéis os participantes do 4º Conap deliberaram os encaminhamentos que serão remetidos para análise da Diretoria Executiva da Fenajufe. Dentre eles, a indicação do mês de setembro para a realização de mais um encontro nacional do Coletivo, como estabelece o regimento. Outros encaminhamentos a serem remetidos à direção tratam ainda da inclusão dos pensionistas no coletivo, do acompanhamento dos aposentandos e para que a Fenajufe dê tratamento especial ao segmento, evitando longos períodos sem reunião do Conap.

O 4º Conap terminou com a certeza de que batalhas pesadas contra o governo e o mercado ainda serão travadas e requerem mobilização constante. E mais: que os aposentados, por sua história e vivência, são parte importante dessa luta e precisam estar ativos no processo.

As atividades da Fenajufe continuam neste sábado, 3, e domingo, 4, com os encontros nacionais do Contec – Coletivo Nacional da Fenajufe de Técnicos Judiciários - e do Conan – Coletivo Nacional da Fenajufe de Analistas Judiciários.

 

Philipe Moreira
Fotos: Joana Darc Melo (Fenajufe)