Fenajufe - Na defesa dos Agentes de Segurança, Fenajufe retoma ações junto ao STF

Na defesa dos Agentes de Segurança, Fenajufe retoma ações junto ao STF

 

 

 

 

Cumprindo deliberações aprovadas nas últimas plenárias nacionais da Fenajufe referentes aos Agentes de Segurança Judiciária e Oficiais de Justiça Avaliadores Federais, os coordenadores Gláucio Luiz e Marcelo Melo protocolaram nesta terça-feira, 15, ofício junto ao STF, solicitando à presidente, ministra Cármen Lúcia, encaminhamento de diversas demandas do segmento discutidas pelas várias instâncias da categoria. O Ofício nº 24/2018 pode ser acessado NESTE LINK.

O expediente encaminhado à ministra engloba as principais reivindicações deste segmento da categoria, entre elas a revisão do estatuto  do desarmamento no capítulo que aborda o porte de armas para os Agentes de Segurança Judiciária, bem como a concessão da GAS na aposentadoria, a aposentadoria especial e a desvinculação da percepção da GAS, com  aprovação em curso de capacitação.

O oficio foi assinado pelos coordenadores Gláucio Luiz e Mara Weber – no plantão da semana – e pelos coordenadores Edmilton Gomes e Marcelo Melo, representando os Agentes de Segurança Judiciária.

Os coordenadores esclarecem ainda que o ofício protocolado hoje trata especificamente das demandas dos Agentes de Segurança. No entanto, outro expediente será finalizado pelos coordenadores Oficiais de Justiça, diretores da Federação, contendo os pleitos específicos do segmento. O objetivo é informar à presidência do STF acerca destas demandas específicas, com vistas a futuro debate sobre carreira.

A atuação dos coordenadores é no sentido de retomar contato com os Tribunais Superiores e cobrar o atendimento das demandas dos servidores, aprovadas pelas instancias da categoria.