Atenção Servidores: Hora de votar e apoiar o PLS 228/18 que busca dar efetividade à data-base

Fenajufe chama categoria a votar na enquete em curso no site do Senado e apoiar o projeto que transforma em crime de improbidade, o não envio do reajuste anual dos servidores

Esta em curso no Portal E-Cidadania do Senado, a consulta pública por apoio ao PLS 228/18, proposta de alto interesse do conjunto dos servidores públicos, especialmente dos servidores do PJU e MPU.  Para votar, basta acessar o portal E-Cidadania clicando AQUI ou na imagem a seguir:

E não se esqueça: após votar, é preciso validar seu voto. Para isso, você precisa fazer login no E-Cidadania. O site é autoexplicativo.

PLS 228/18 é de autoria do senador Hélio José, originado de uma Sugestão Popular, tendo sido aprovado na CDH do Senado em 9 de maio com forte atuação da Fenajufe,  através dos coordenadores Adilson Rodrigues, Gerardo Lima e Vicente Sousa.

Após aprovação, Helio Jose gravou mensagem aos servidores do PJU (assista AQUI) conclamando apoio à proposta até sua aprovação final, pela importância que representa na luta pela conquista da data-base.

Ainda nesta semana, a Fenajufe, através do coordenador Adilson Rodrigues, continuou o trabalho de articulação de apoio ao projeto na CCJ do Senado, buscando apoiamentos para garantir uma rápida tramitação e aprovação do projeto. A proposta tipifica como crime de responsabilidade, o não cumprimento do inciso X do artigo 37 da Constituição Federal, que trata do reajuste anual de vencimentos dos servidores públicos. Aprovada, representa passo importante rumo à data-base, reivindicação de longa data da categoria.

Tramitação

O PLS 228/18 aguada designação de relator na CCJ do Senado, onde a Fenajufe busca perfil que dialogue com as demandas dos servidores. Após deliberação do parecer, se for pela aprovação, seguirá ao plenário, quando será aberto o prazo de emendas. Emendas também poderão ser apresentadas durante a tramitação nas Comissões, pelos membros do colegiado.

A Federação chama toda a categoria e seus familiares a votar e apoiar a consulta em curso no site do Senado, participando diretamente das próximas etapas da tramitação, até final  aprovação do projeto.