Seminário na Câmara dos Deputados debate efeitos da Reforma Trabalhista de Michel Temer

 

 

 

A coordenadora da Fenajufe, Mara Weber, participa nesta terça-feira, 3, do seminário sobre os impactos da Reforma Trabalhista de Michel Temer sobre a vida dos trabalhadores. O evento teve início às 9 horas no Auditório Nereu Ramos.

Para o deputado Bohn Gass (PT/RS), um dos proponentes do  seminário, a promessa de aumento de empregos feita pelo governo, deputados e senadores que votaram a favor da reforma,  não se concretizou. Pior: as vagas existentes foram precarizadas.

A reforma trabalhista também não alavancou a economia. O relatório de inflação publicado pelo Banco Central em junho trouxe estudo do comportamento de diferentes componentes da demanda privada nos últimos ciclos de retração e recuperação do Brasil de 1999, 2001, 2003, 2009 e o atual. Em cada um deles, foi identificado o momento no qual a economia começou a sair do buraco e onde ela estava cinco trimestres após, segundo diferentes indicadores.

O relatório aponta que a retomada atual é irrisória diante dos outros ciclos, esvaziando o discurso de Michel Temer e da base aliada no Congresso Nacional. O destaque fica com a geração de emprego e renda, que são os piores já registrados em todo o ciclo.

O Seminário pode ser acompanhado no player abaixo:

A programação do seminário ficou assim estabelecida:

PROGRAMAÇÃO:

8h30 - Inscrição

9 horas - Mesa de Abertura

Deputado Deley - 1º Vice-Presidente da CTASP.

Parlamentares Autores do Requerimento na CTASP:
Deputado Bohn Gass 
Deputado André Figueiredo 
Deputado Orlando Silva 

Ministro Renato de Lacerda Paiva, Vice-Presidente do TST - Tribunal Superior do Trabalho;
Representante do MTE - Ministério do Trabalho e Emprego. 
André Santos - Analista Político do DIAP - Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar.

10h30 - 1ª Mesa
Tema: A qualidade do emprego após a reforma trabalhista e os impactos econômicos
Coordenador: Deputado Bohn Gass 

Expositores Convidados:

Marilane Teixeira, representante do CESIT/UNICAMP ;
Clemente Ganz Lúcio, Diretor Técnico do DIEESE - Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos ; e
Representante da CEPAL - Comissão Econômica das Nações Unidas para a América Latina e o Caribe;


14 horas - 2ª mesa
Tema: Análise da aplicação da nova legislação trabalhista no sistema de justiça.
Coordenador(a): A definir 

Expositores Convidados:

Ronaldo Curado Fleury , Procurador-Geral do Trabalho, representante do MPT - Ministério Público do Trabalho;
Guilherme Guimarães Feliciano, Presidente da ANAMATRA - Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho;
Ângelo Fabiano Farias Filho, Presidente da ANPT - Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho;
Carlos Fernando da Silva Filho, Presidente do SINAIT - Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho; e
Representante da ABRAT - Associação Brasileira de Advogados Trabalhistas.

16 horas - Intervalo para lanche.

16h20 - 3ª Mesa
Tema: Análise da aplicação da reforma trabalhista na realidade das negociações coletivas e nos contratos de trabalho.
Coordenadora: Deputada Érika Kokay.

Expositores Convidados:

Vagner Freitas, Presidente da CUT - Central Única dos Trabalhadores;
João Carlos Gonçalves, Secretário-geral da Força Sindical;
Paulo Vinícius Silva - Secretário Nacional de Relações do Trabalho da CTB - Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil;
José Reginaldo Inácio, representante da NCST - Nacional da Nova Central Sindical de Trabalhadores;
Ricardo Patah , Presidente da UGT - União Geral dos Trabalhadores;
Ernesto Luis Pereira Filho, representante da CSB - Central dos Sindicatos Brasileiros;
Edson Carneiro da Silva (Índio ) - Secretário-Geral da INTERSINDICAL - Intersindical Central da Classe Trabalhadora; e
Representante do CSP CONLUTAS.

18h30 - Encerramento.

 (Com informações da Agência Câmara)