Fenajufe - Fonasefe avança na definição da campanha nacional pela revogação da EC-95

Fonasefe avança na definição da campanha nacional pela revogação da EC-95

 

 

 

A semana foi de discussões acerca da campanha nacional pela revogação da EC-95 nos debates  em curso no Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais – Fonasefe. O tema tem concentrado a atenção dos dirigentes das entidades integrantes do Fórum por construir a resistência ao maior ataque já perpetrado contra os servidores e serviços públicos e, por consequência, ao livre exercício da cidadania. A Fenajufe esteve representada nos debates pelo plantonista e pela plantonista da semana, o coordenador Adilson Rodrigues e a coordenadora Mara Weber.

Dando ciência das atividades desenvolvidas pela Federação às demais entidades, os diretores informaram sobre a realização da XXII Plenária Nacional da Fenajufe que acontece em Salvador (BA), entre os dias 2 e 5 de agosto, já em fase final de preparação. Foi informado ainda que a Diretoria Executiva da Fenajufe aprovou, em reunião acontecida em 30/7 e 1º/8, a participação no ato do dia 12/9 em frente ao STF, na posse do ministro Dias Toffoli na presidência do Tribunal.

A coordenadora Mara Weber adiantou ainda não ver obstáculos para que Federação atenda à solicitação do Andes para que as entidades do Fórum assinem o manifesto pela descriminalização do aborto. A Federação já tem deliberação em suas instâncias, favorável ao tema.  Foi orientado que documento formalizando a solicitação seja encaminhado à Fenajufe para apreciação da Direção Executiva.

Quanto à campanha nacional pela revogação da EC-95 a Fenajufe, através do coordenador Adilson Rodrigues, articulou e participou da reunião com Antônio Queiroz, assessor parlamentar da Federação, com objetivo alinhavar ações da campanha nacional pela revogação da Emenda através da abordagem mais efetiva aos parlamentares. A estratégia potencializará a pressão combinada que virá das ruas à atuação dos sindicatos na Câmara dos Deputados e Senado. Já discorrendo sobre a retomada do julgamento da data-base no STF, o dirigente informou estar em contato com o gabinete de Dias Toffoli para agendar reunião em que será discutida a data-base e outros temas. 

Sobre os preparativos para o  Seminário do Fonasefe,  Adilson Rodrigues informou ainda estar em tratativas com juristas que poderão palestrar no evento.  O coordenador informou ainda que ao final da reunião com Antônio Augusto Queiroz, do Diap, foi feito o convite para que ele também integrasse o corpo de palestrantes do Seminário Nacional do Fórum. O evento tem data indicada para acontecer de 30 de agosto a 1º de setembro. O formato e conteúdo também foram debatidos em outra reunião realizada pela manhã na quinta-feira, 26.

O Fonasefe volta a reunir-se em 7 de agosto para continuar a finalização da campanha e do seminário nacionais. As Assessorias de Imprensa das Entidades também têm encontro marcado no dia 31 de julho. Já o calendário de atividades para o período ficou assim indicado:

- 10 de agosto: Dia Nacional de Luta nos estados em defesa do emprego, da aposentadoria e contra a reforma trabalhista. As entidades devem se empenhar para construir as mobilizações nos estados a partir dos Fóruns em defesa do serviço Público e outros espaços organizativos nos estados.

- Indicativo do dia nacional de lutas no dia 12/9 com Caravanas para Brasília, data da posse do novo presidente do STF para pressionar pela data base do serviço público.

- Realização do Seminário Nacional do FONASEFE, conjuntamente com servidores federais, municipais e estaduais. Indicativo de datas: dias 30, 31 de agosto e 1 de setembro de 2018 em Brasília/DF.

Luciano Beregeno/AscomFenajufe
Fotos: Joana Darc Melo/Fenajufe