13,23%: análise do pedido de uniformização de interpretação da lei é adiada no STJ

Previsto na pauta de julgamentos do Superior Tribunal de Justiça  na quarta-feira, 26, o pedido de uniformização da interpretação da lei que instituiu o reajuste de 13,23% ao funcionalismo, o processo teve a análise adiada pela ausência de dois ministros.

O pedido de adiamento foi do relator da matéria, ministro Gurgel de Faria, justificando que pela importância do tema para os servidores do Poder Judiciário da União, o julgamento deveria acontecer com a composição completa da Primeira Seção.

Com isso, a previsão é que o julgamento ocorra em 10 de outubro, quando a Primeira Seção volta a reunir-se.

Pela Fenajufe estiveram presentes os coordenadores Costa Neto, José Aristeia e Ronaldo das Virgens, além de dirigentes do Sindjus (DF), Sindiquinze (Campinas) e Sisejufe (RJ).

Foto: Alexandre Marques