Piauí inicia greve com adesão de órgãos da capital e do interior

Piauí inicia greve com adesão de órgãos da capital e do interior

Servidores do Judiciário Federal e Ministério Público Federal no Piauí pararam suas atividades nesta segunda (20), primeiro dia de greve no estado, somando forças a outros oito estados no país que também aderiram ao movimento paredista. Servidores da Justiça do Trabalho, em Picos, também pararam suas atividades nesta segunda-feira.  A reivindicação é a mesma dos últimos três anos: reajuste salarial; há seis anos a categoria não recebe compensação inflacionária. A concentração dos grevistas nesta segunda (20) teve início às 7h na entrada do prédio do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí.   

Na assembleia realizada ao final do ato público em Teresina, o diretor do Sintrajufe, Pedro Laurentino, questionou os demais participantes sobre que estratégias poderiam garantir a adesão de mais servidores ao movimento.  Ele relatou o fato de o STF ter encaminhado a proposta orçamentária ao Governo, contemplando o reajuste dos servidores dividido em duas parcelas. Pedro Laurentino, no entanto, enfatiza que ‘a batalha não está vencida’, e que é preciso forte mobilização para fazer com que o Governo inclua o PCS no orçamento – prazo que termina no dia 30 de setembro.

O diretor Saturnino Dantas reforçou a necessidade de mobilização e convencimento dos colegas que ainda não participam da greve no estado. Para ele é inadmissível a categoria estar há tanto tempo sem reajuste. O diretor convida os servidores a refletir sobre os anos sem aumento e deixar aflorar a capacidade de indignar-se com a situação. “A constituição está sendo desrespeitada. Ela assegura o reajuste dos servidores públicos e o Governo simplesmente não obedece isso. A resposta para isso é a greve! Nós estamos no caminho certo e só vamos sair do movimento com o PCS aprovado”, declara o diretor do Sintrajufe-PI.

Na terça (21) a concentração na capital piauiense será novamente no TRE, a partir das 7h. Por volta das 10h, comissões irão se deslocar a demais locais de trabalho para fazer convencer os colegas que ainda não aderiam ao movimento.

Fonte: Sintrajufe-PI