Fenajufe - Presidente do TRE-PB justifica atraso sobre processo eleitoral: “Estamos fora do calendário do TSE”

Presidente do TRE-PB justifica atraso sobre processo eleitoral: “Estamos fora do calendário do TSE”

Pela primeira vez em 80 anos de Justiça Eleitoral, o TRE da Paraíba não consegue dar cumprimento ao Calendário Eleitoral elaborado pelo TSE. A revelação foi feita na última sexta-feira (24), pelo próprio presidente, desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque.

Durante a sessão de julgamento daquela tarde, num intervalo entre dois processos, o presidente usou da palavra para lamentar que mais de 300 recursos, dos pouco mais de 500 registrados, não foram julgados ainda e a conclusão pode só ocorrer nesta terça-feira (28), cinco dias após o prazo do Calendário Eleitoral.

Segundo Marcos Cavalcanti, os gabinetes não tiveram tempo para uma boa produção o que forçou, inclusive, o adiamento de uma sessão extra que ocorreria neste sábado.

Leia abaixo a íntegra da lamentação do Presidente Marcos Cavalcanti de Albuquerque:

“Eu quero aproveitar que o auditório está repleto de advogados para comunicar que amanhã (25) não haverá aquela sessão que nós pensávamos fazer. Porque não houve tempo de uma boa produção nos gabinetes. Então combinamos que os gabinetes vão trabalhar de forma intensiva neste sábado e domingo, porque ainda temos cerca de 300 recursos eleitorais para julgamento e o prazo encerrou ontem, dia 23.

Nós já estamos trabalhando fora do calendário do TSE. Porque temos muitos recursos chegando do interior, agora, e ainda passando pela Procuradoria Eleitoral, para Parecer, para depois ir para aos gabinetes. Então, o atraso foi muito grande nas zonas eleitorais. De tal maneira que iremos trabalhar hoje, sábado e domingo".

Na segunda eu aviso aos eminentes advogados que estaremos aqui, a partir das oito horas, para uma produção intensa, se Deus quiser. Para ver se conseguiremos terminar tudo na segunda e na terça, se Deus quiser”.

Fonte: Site PBAgora