Fenajufe - Judiciário no Piauí completa oito dias em greve e programa vigília para quinta (30)

Judiciário no Piauí completa oito dias em greve e programa vigília para quinta (30)

Servidores do Judiciário Federal no Piauí e Ministério Público completaram nesta segunda (27) oito dias em greve no estado. A concentração aconteceu na sede do Tribunal Regional Eleitoral, ponto estratégico escolhido pelos manifestantes para ganhar visibilidade por conta do período eleitoral.

A segunda semana de greve terá novos atrativos: na terça, os servidores se reúnem novamente no TRE, às 7h da manhã; na quarta, farão um ato público em frente ao TRE com as demais categorias em greve debatendo sobre o direito de greve no serviço público e na quinta haverá uma vigília, também em frente ao TRE, que tem por objetivo pressionar o Governo a incluir o PCS no Orçamento, já que sexta é o prazo final para o Executivo enviar a proposta orçamentária ao Legislativo.

A diretora Madalena Nunes chama a atenção dos servidores que ainda não aderiram ao movimento. Ela enfatiza a necessidade de mais mobilização nestes dias, em que finaliza o prazo para o envio da proposta de orçamento ao Congresso, além das eleições. Para ela, será difícil a categoria conseguir outro momento propício para pressionar o Governo. “Nós podemos ter a certeza de que se nós não aprovarmos este plano até as eleições, vamos passar mais alguns anos lutando. A gente sabe que fazer greve não é fácil, mas viver é correr riscos”, ressalta a diretora do Sintrajufe-PI.

O diretor Pedro Laurentino lembra ainda aos grevistas que é crucial não voltar ao trabalho após as manifestações de greve. Ele reforça a necessidade de paralisar cada vez mais os serviços até as eleições, principalmente esta semana, que antecede o envio da proposta do Governo ao Congresso. “Nós temos que parar o TRE nos próximos dias e mostrar para eles que nós não estamos brincando. Não podemos mais esperar, já se passaram seis anos e nós temos direito ao nosso reajuste”, reforça Laurentino.

Fonte: Sintrajufe-PI