Greve continua forte em Goiás

Greve continua forte em Goiás

A greve dos servidores do Poder Judiciário Federal em Goiás, iniciada na última segunda-feira [27/08], continua forte. Na manhã dessa terça-feira (28), foi iniciada uma grande mobilização em frente à sede do TRT-GO, no Setor Bueno. Às 14 horas os servidores mostraram a força da mobilização da categoria com uma passeata realizada até a Central de Atendimento ao Eleitor, que fica na Avenida Mutirão, Setor Marista.

Para evitar os cortes de ponto que ocorrem com outras categorias em greve, o Sinjufego orienta os servidores a assinar um ponto paralelo disponibilizado pela entidade nos atos de manifestação. "O direito de greve, se não bastasse dizer que é um caso de polícia, agora é um caso do Judiciário. Quando as coisas apertam, estão chamando os bombeiros, ou melhor, chamando o Judiciário para colocar um ponto final nas greves. Nada mais estratégico e fácil para o Governo",  avalia João Batista, presidente do Sinjufego.

Mobilização

Para esta quarta-feira (29) está marcada concentração dos servidores do TRT-GO, às 9 horas, na entrada do Fórum Trabalhista de Goiânia (Av. T-1, S. Bueno, Goiânia-GO). De lá, a categoria segue em caravana para a Seção Judiciária Federal do Estado de Goiás onde participa de ato unificado na entrada da rua 20, no Centro de Goiânia, com os servidores do TRE-GO e da JF-GO.

Caravana a Brasília

Na quinta-feira (30) os servidores do Judiciário Federal de Goiás participam de caravana a Brasília para o ato "Adeus ao Ari Pargendler" programado para ocorrer na frente do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Fonte: Sinjufego-GO

Foto: Hugo da Silva