Fenajufe - Justiça Eleitoral de Santa Catarina faz greve histórica

Justiça Eleitoral de Santa Catarina faz greve histórica

Esta terça-feira, 28 de agosto, foi um dia histórico na Justiça Eleitoral de Santa Catarina, com paralisação de 110 servidores, conforme lista de assinaturas, e cerca de 130, no total, que deram apoio aos colegas, passando algum tempo na frente do TRE. Segundo informações do Sintrajusc-SC, vários setores que não haviam aderido à greve estavam com quase 100% de paralisação.

Em Zonas Eleitorais de todo o Estado, os servidores também participaram da paralisação, que teve cobertura jornalística de vários veículos da imprensa local. O sindicato informa que no dia 31 tem nova paralisação, mesmo dia da Reunião Ampliada da Fenajufe e do prazo final para garantir os recursos do reajuste na Lei Orçamentária Anual.

Amatra critica governo

Mesmo com chuva, os servidores do TRE-SC fizeram um arrastão para chamar mais colegas. Além de se atualizarem sobre a greve em todo o país, também leram o manifesto da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 2ª Região (São Paulo), de repúdio à política salarial e à atitude inflexível do governo federal. A leitura foi concluída com muitos aplausos.

Na nota, a Associação diz que é "lamentável que as questões salariais dos mais diversos segmentos do serviço público federal, inclusive aqueles que são essenciais ao funcionamento do Estado, não sejam tratadas com a seriedade que merecem, recusando-se o Governo ao diálogo e, pelos mais diversos meios, reprimindo legítimos movimentos sociais".

A greve continua firme na Justiça Federal e a categoria deve se estender a mobilização para a Justiça do Trabalho, onde a paralisação de duas horas diárias precisa de mais servidores  na luta. Lá, ontem, foi cantada a marchinha Reajuste Já!, composta por Rodrigo Piva, do TRE-SC, que diz: "A nossa luta cresce mais a cada dia".

Fonte: Sintrajusc-SC