Assembleia geral aprova fim da greve no Rio Grande do Sul

Assembleia geral aprova fim da greve no Rio Grande do Sul

Na tarde desta terça-feira (04), os servidores do Judiciário Federal do Rio Grande do Sul, em greve desde 15 de agosto, votaram pelo fim do movimento, com retorno ao trabalho nesta quarta-feira, 5 de setembro. Foi aprovada a manutenção do estado de greve e que a categoria se mobilize pela aprovação do projeto de lei 4.363/12. O PL foi enviado pelo STF ao Congresso Nacional dia 31 e parcela o reajuste dos servidores em três anos. Ao final, em 2015, o reajuste médio ficará em 33%.

Segundo informações do Sintrajufe-RS, estavam presentes servidores de Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Encantado, Esteio, Estrela, Gravataí, Farroupilha, Montenegro, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, São Jerônimo, Soledade, Taquara e Uruguaiana, além de aposentados.

Durante a assembleia, foram dados relatos da ampliada da Fenajufe, realizada no dia dia 31. Os diretores do Sintrajufe-RS também esclareceram dúvidas sobre o PL 4.363/12 e distribuíram as tabelas elaboradas pelo sindicato.

Um dos pontos de maior discussão foi a negociação com os tribunais. Até o momento, houve três reuniões com TRT. Nesta quarta-feira (05), acontecerão reuniões com o TRF e com a 1ª Instância da Justiça Federal. A presidência do TRE informou que não tem horário disponível na agenda para marcar uma audiência com o sindicato.

Negociação no TRT

Na parte da manhã houve nova reunião entre o Comando Estadual de Greve e a Comissão de Negociação do TRT-4. Já está acertado que não haverá corte de ponto. Os representantes da administração aceitaram discutir em cima da proposta-base elaborada pelo Comando Estadual de Greve, mas insistiram que os servidores terão de compensar o trabalho com uma quantificação de horas a serem utilizadas para recuperação do trabalho (com finais de semana e feriados valendo o dobro), entre os dias 10 de setembro e 5 outubro. Outro ponto é que a compensação será proporcional ao número de dias de greve feito pelos setores. A assembleia geral aprovou que os representantes dos servidores negociem tentando reduzir esse limite de horas.

Uma nova reunião entre as partes está marcada para a próxima quinta-feira, (06), às 14 horas. Na próxima segunda-feira (10), haverá assembleia de base, às 13 horas, nas varas trabalhistas.

Fonte: Sintrajufe-RS

Foto: Rosane Vargas/Sintrajufe-RS