Sindiquinze: assembleia aprova adesão à greve nacional de 05/12 contra a “reforma” da Previdência

Os associados do Sindiquinze aprovaram em assembleia na sede e nas subsedes, na quinta-feira, 30, por ampla maioria, a adesão à greve nacional contra a Reforma da Previdência (PEC 287/16) no dia 5 de dezembro. Esta data foi definida pelas principais centrais sindicais do Brasil, pois o Governo Temer quer votar a PEC que acaba com as aposentadorias no dia 6/12 na Câmara dos Deputados. Por isso, aderir à greve, paralisar os trabalhos na próxima terça-feira e mostrar a força e a indignação da classe trabalhadora é de extrema importância. 

Ficou bem claro que este governo ilegítimo tem como alvo a classe trabalhadora, e, em especial, os servidores públicos. Está gastando milhões de dinheiro público em propaganda mentirosa, na qual tenta convencer a população de que a “reforma” vai combater privilégios dos servidores públicos. O Sindiquinze, inclusive, já ajuizou ação contra mais este absurdo de Temer e seus asseclas. 

SERVIDOR E SERVIDORA: por falta de um motivo para paralisar os trabalhos no dia 5/12, o Governo Temer está te dando dois: a “reforma” da Previdência em si e a propaganda que ataca diretamente os servidores públicos, e pior, feita com o nosso dinheiro!

Paralise os trabalhos no dia 5/12 e participe da mobilização em sua cidade!

Dia 5/12 – TODOS CONTRA A “REFORMA” DA PREVIDÊNCIA