Sindjus-DF faz campanha para minimizar efeitos da Resolução 63/2010

Sindjus-DF faz campanha para minimizar efeitos da Resolução 63/2010

Atendendo pedidos dos servidores do TRT-10, o coordenador-geral do Sindjus-DF Cledo Vieira, acompanhado de um grupo de servidores daquele tribunal, visitou, no último dia 13, vários desembargadores da Casa, para discutir a aplicação da Resolução 63 do CSJT, no âmbito do tribunal.

A preocupação levada aos desembargadores é a dos prejuízos financeiros trazidos pela Resolução 63, em razão da reformulação das funções comissionadas. Segundo relatos do Sindjus-DF, os desembargadores também compartilharam dessa preocupação e ficaram de levar esse sentimento ao restante do colegiado.

No dia 13, Cledo e os servidores percorreram os gabinetes dos desembargadores Ricardo Alencar Machado, Flávia Simões Falcão, Maria Regina Machado Guimarães, Dorival Borges de Souza Neto, Pedro Luís Vicentin Foltran e José Ribamar Oliveira Lima Júnior, com o objetivo de conquistar apoio à campanha para minimizar os efeitos da resolução.

Na avaliação do sindicato, o resultado das visitas foi bastante positivo e esse trabalho continuará nesta semana, inclusive com o grupo procurando a presidente do TRT-10, desembargadora Elaine Machado Vasconcelos.

O Sindjus-DF esclarece que ainda está pendente no CSJT a apreciação de dois requerimentos, que têm o objetivo de alterar a Resolução 63 para colocar funções excedentes na parte administrativa e aumentar o percentual mínimo de FCs de 62,5 para 70%.

“Se esses dois requerimentos forem aprovados, a situação dos servidores melhora muito”, afirmou Cledo Vieira, que afirma que o sindicato tem acompanhado de perto a tramitação desses dois pedidos no CSJT.

Fonte: Sindjus-DF