fbpx

banner tv fenajufe

banner radio fenajufe

banner tv fenajufe

banner fenacast

banner tv fenajufe

banner radio fenajufe

banner tv fenajufe

banner fenacast

Servidores da Bahia não aceitam proposta de reajuste oferecida pelo STF

Reunidos em assembleia geral nesta quinta-feira (30) os servidores do Judiciário Federal na Bahia recusaram, por ampla maioria, a proposta alternativa ao PCS4, feita pelo STF na última quarta-feira (30). A categoria do estado baiano avaliou que a proposta apresentada concentra todo o reajuste na GAJ (Gratificação por Atividade Judiciária) e que está aquém das reivindicações da categoria. De acordo com a proposta, os servidores ainda ficaram com grande prejuízo já que o valor proposto a ser pago em três anos não contempla o pleito dos servidores e ainda promove a desvalorização das conquistas feitas em PCS´s anteriores. O objetivo da categoria é pressionar para que haja avanço na negociação.

De acordo com o Sindjufe-BA, a assembleia destacou-se com a numerosa participação dos servidores de Feira de Santana, os quais já fizeram apitaços, passeatas e arrastão nas Justiças Trabalhista, Eleitoral e Federal. De acordo com informes, a adesão à greve na Bahia no TRE e JF, já se encaminha para os 80% e no TRT, ainda sem percentual, a greva avança a cada dia e já causou cancelamento de várias audiências.

Como atividade de greve para esta sexta-feira, os servidores - que demonstram não ceder e continuar no movimento paredista - fizeram piquete na frente do TRT Comércio, logo cedo. Já na segunda-feira (03), às 13h, no mesmo local, haverá uma assembleia geral que deve avaliar o resultado da Reunião Ampliada da Fenajufe, que ocorre nesta sexta (31). Representando a Bahia, participam da atividade os servidores Fabrício Cruz, Frederico Barboza, Suely Santiago, Lourival Matos, Jailson Lage e Adnaldo Teixeira.

Fonte: Sindjufe-BA

 

Pin It

afju fja fndc