Sinjuspar oficia presidência do TRE-PR sobre os riscos do retorno do trabalho presencial a partir de 01/06

Após receber inúmeras notícias acerca da possibilidade de retorno das atividades presenciais da Justiça Eleitoral do Paraná, já a partir de 01/06/2020, o Sinjuspar, pautado no bom relacionamento com a administração, oficiou a Presidência do TRE-PR fazendo várias considerações e ponderando sobre os riscos de contágio a serem submetidos os servidores se não for bem analisada a substancial necessidade de adoção do trabalho presencial, até porque não foram paralisados os trabalhos graças aos sistemas eletrônicos que permitem a execução de forma remota, respeitado plenamente o atendimento das exceções. 

Além das argumentações baseadas nas estatísticas indicando não termos alcançado o pico de contágio no âmbito nacional, o Sinjuspar também mencionou não ter localizado no site do TRE-PR qualquer ato revogando sua Portaria 238/2020, tampouco por parte do Tribunal Superior Eleitoral a revogação da Resolução 23.165, da Portaria 265 ou ao menos recomendação para o retorno às atividades presenciais. Também é desconhecida qualquer mudança de entendimento sobre o assunto pelo Conselho Nacional de Justiça.

O Sinjuspar aguarda resposta ao ofício e acompanhará quais medidas serão adotadas pelo TRE-PR.

Pin It