TRF4 mantém atividades presenciais suspensas até 31 de julho

Na noite da quinta-feira, 18, a Presidência do TRF4 publicou a resolução 33/2020, na qual mantém, até 31 de julho, a suspensão dos prazos dos processos não eletrônicos e das atividades presencias, a continuidade do trabalho remoto e o fechamento dos prédios do tribunal e das subseções judiciárias em toda a Justiça Federal da 4ª Região. A resolução prevê que o prazo pode ser reduzido ou estendido, dependendo da melhora ou piora da disseminação da pandemia do novo coronavírus. 

Na decisão a administração registrou a reunião ocorrida com as direções do Sintrajufe/RS e outras entidades e instituições, no dia 15 de junho. Também foram apontados, entre outros, os números dos órgãos oficiais, que não mostram queda na curva de contágio; a chegada do inverno; o fechamentos de creches, escolas e redução no transporte público; e que o trabalho remoto está “viabilizando o desenvolvimento satisfatório da prestação jurisdicional e das atividades administrativas”.

Além das manifestações do sindicato, em reunião e via ofícios, a categoria participou de abaixo-assinado, promovido conjuntamente por Sintrajufe/RS, Sintrajusc/SC e Sinjuspar/PR. No documento, assinado por quase 900 colegas dos três estados, era solicitada a manutenção da suspensão do trabalho presencial e continuidade da atividade remota, em defesa da saúde e da vida, o que foi contemplado com a publicação da resolução.

Veja AQUI a resolução.

Pin It