Sintrajufe/RS lança campanha de TV e rádio, além de mídias sociais, para combater reforma administrativa e defender melhores serviços públicos

Começaram a ser veiculadas em meios de comunicação do Rio Grande do Sul as primeiras peças da campanha de mídia que o Sintrajufe/RS está lançando como parte do combate à reforma administrativa de Jair Bolsonaro (sem partido) e Paulo Guedes. A campanha terá peças em rádio e televisão, além de iniciativas nas redes sociais.

Um dos primeiros objetivos da campanha lançada nesta segunda-feira, 5, pelo Sintrajufe/RS, é explicar para a população as consequências terríveis que a reforma terá para os brasileiros e brasileiras, caso seja aprovada. O desmonte dos serviços públicos e a inversão das prioridades do Estado, desobrigando-o do oferecimento de direitos como saúde e educação atingindo servidores e todos que utilizam algum tipo de serviço público. O resultado será que muitas vezes só terá direitos quem puder pagar por eles.

Além disso, a campanha visa ajudar a mobilizar a categoria para que participe ativamente da luta contra a reforma. Apesar da pandemia, a mobilização é necessária como único meio de frear o projeto de fim dos serviços públicos que vem sendo construído por Bolsonaro e Guedes e está concretizado na reforma. Todos precisam fazer sua parte para pressionar os deputados e o governo para barrar a reforma. Essa pressão se dará pelas redes sociais e também por protestos e manifestações que denunciem o caráter e as consequências do projeto.

A mobilização já começou: nos dias 15 e 30 de setembro, o Sintrajufe/RS participou de atos públicos para denunciar a reforma e defender mais e melhores serviços públicos. Veja AQUI e AQUI como foram os atos.

Esta campanha é realizada pelo Sintrajufe/RS, com foco local e buscando mobilizar a categoria e pressionar os deputados do Rio Grande do Sul. Mas o sindicato também está engajado nas mobilizações unificadas com a Frente do Servidores Públicos do Rio Grande do Sul, centrais sindicais e outras entidades que se colocam em defesa dos serviços públicos. Foi o caso dos dois atos públicos realizados em setembro, que reuniram representantes de entidades dos servidores públicos federais, estaduais e municipais.

Veja o vídeo da campanha:

 

Pin It