“Minha vacina chega quando?” Vacinação é tema de live do Sintrajufe/RS no dia 25

O Brasil registra mais de 230 mil mortes por covid-19 e mais de 9,5 milhões de casos de contágio. Depois de meses de pesquisas e testes, laboratórios chegaram, em tempo recorde, a vacinas para combater a epidemia. Diante do negacionismo, da falta de planejamento e de informações sobre compra e vacinação por parte do governo Bolsonaro, e dos interesses financeiros dos laboratórios em torno da venda e da distribuição dos imunizantes, a pergunta que brasileiros e brasileiras fazem é: “Minha vacina chega quando?”. E esse é o tema da live que o Sintrajufe/RS promove, no dia 25 de fevereiro, às 18h30min, pelo canal no Youtube e pelo Facebook, tendo como painelista o médico e ex-presidente da Anvisa Gonzalo Vecina Neto. 

Debatedores têm experiência em saúde pública

Fundador da Anvisa, que presidiu de 1999 a 2003, Vecina também já exerceu os cargos de secretário municipal da Saúde de São Paulo e secretário nacional da Vigilância Sanitária. O médico sanitarista e professor da Universidade de São Paulo (USP) também foi um dos idealizadores do Sistema Único de Saúde (SUS), em 1988, o que, acredita, representa um modelo civilizatório em prol dos direitos humanos”.

A live também contará com a participação de outros dois debatedores. Estarão presentes a médica infectologista, diretora do Sindicato dos Médicos de SP e da CUT/SP, Juliana Salles; e do médico especialista de saúde pública e integrante da assessoria de saúde do Sintrajufe/RS, Geraldo de Azevedo e Souza Filho.

A questão que mais preocupa a população, o calendário de vacinação, quando chegará a vacina, coloca na pauta o papel central do Sistema Único de Saúde (SUS), a gratuidade e a universalidade de acesso. Da mesma forma, o papel fundamental de servidores e servidoras que atuam na área de saúde e dos serviços públicos como garantidores de direitos à população.

Desde o início da pandemia, as medidas de proteção, os tratamentos e a própria vacina foram alvos de desinformação, fake news e ataques, em uma verdadeira cruzada anticiência. Durante a atividade, serão debatidos os principais temas que norteiam a questão da vacinação no Brasil e no mundo, com informações balizadas em pesquisas e no conhecimento científico. Como as pesquisas estão sendo realizadas, as marcas já aprovadas pela Anvisa e sua eficácia, a questão das patentes e como está sendo feito o enfrentamento da pandemia em outros países: esses serão temas que também serão discutidos na live.

Diversas entidades já estão confirmadas para retransmissão da live

O assunto que será debatido na live “Minha vacina chega quando?” é de interesse geral da população. Por isso, convide familiares, amigos, amigas e colegas a acompanharem o evento, que contará com médicos reconhecidos em suas áreas de atuação e que acompanham, em seu dia a dia, as questões relacionadas à pandemia.

Diversas entidades participarão, com retransmissão da live em seus canais de comunicação. Veja as confirmadas até fechamento desta notícia: Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal e do Ministério Público da União (Fenajufe); Federação do Judiciário nos Estados (Fenajud); sindicatos de base do Judiciário Federal: Sisejufe/RJ, Sintrajusc/SC, Sindiquinze/SP, Sindjuf/PA-AP, Sintrajuf/PE; sindicatos de base dos Judiciários Estaduais: Sindjus/RS, Sindjus/SC, Sindijus/PR; CUT/RS; CUT Regional Centro RS (Santa Maria e região); Associação dos Servidores da Universidade Federal de Santa Maria (AssufSM); Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná (APP Sindicato); Sindicato dos Químicos de SP.

Pin It