13 milhões é o alcance estimado da campanha do Sintrajufe/RS contra a reforma administrativa

Desde que o governo anunciou a intenção de realizar uma reforma administrativa com ataques a servidores e servidoras e aos serviços públicos, o Sintrajufe/RS tem se empenhado em diversas frentes para explicar e combater a proposta. O sindicato vem construindo a mobilização e participando de atos públicos, juntamente com outras entidades e movimentos; também tem publicado diversas matérias e peças de publicidade denunciando e esclarecendo pontos da reforma que atingem tanto o funcionalismo quanto a população em geral.

O Sintrajufe/RS também lançou uma cartilha sobre o tema e, nos últimos meses, colocou em marcha uma ampla campanha de mídia, com resultados importantes para o convencimento da população a respeito da necessidade de derrotar a reforma.

Televisão e rádio aumentaram nosso alcance

A campanha de mídia teve diversos enfoques e frentes de ação. Na televisão e no rádio, foram veiculadas peças publicitárias que alertavam para os prejuízos que uma possível aprovação da proposta representaria para os trabalhadores e as trabalhadoras do país. As peças foram ao ar na RBS TV e na Rádio Gaúcha.

Em outubro, foram 20 inserções no Jornal do Almoço, cuja audiência projetada foi de cerca de 320 mil telespectadores, estimando-se um alcance de quase 6,5 milhões. Na Rádio Gaúcha, foram realizadas, em outubro, 37 inserções no programa Chamada Geral 2ª Edição, com audiência de 63,7 mil e impacto total de 2,3 milhões; e 3 inserções no Balanço Final, com audiência de 56,5 mil e impacto de 169,6 mil. Em novembro, foram mais 20 inserções no Chamada Geral 2ª Edição, com impacto de 1,3 milhão; e 3 inserções no Balanço Final, impactando, de forma estimada, 169,6 mil pessoas.

Somando-se os números, temos, entre rádio e televisão, com 83 inserções nos meses de outubro e novembro de 2020, 10,5 milhões de alcance estimado.

Facebook: 650 mil impressões

O Sintrajufe/RS também realizou, entre o final de 2020 e o início de 2021, uma campanha contra a reforma via impulsionamentos de publicações no Facebook. Por meio da agência Veraz Comunicação, foram produzidos oito vídeos denunciando diferentes aspectos da reforma. Alcançaram-se, com o impulsionamento desses vídeos, quase 650 mil impressões (vezes em que os conteúdos apareceram nos feeds dos usuários). Entre comentários, reações (como curtidas) e compartilhamentos, foram mais de 8 mil interações, sendo que os mesmos vídeos, publicados fora da campanha, sem impulsionamento, chegaram apenas a 816 interações, somados.

Outdoors foram vandalizados

Juntamente com outras 21 entidades, o Sintrajufe/RS espalhou, ainda, outdoors por todo o Rio Grande do Sul. Foram afixadas peças contra a reforma administrativa em 224 pontos, entre Porto Alegre e interior do estado. Em novembro, diversos desses outdoors foram vandalizados, motivo pelo qual as entidades registraram boletim de ocorrência.

Luta contra as PECs 186, 188 e 32 continua

Nesta quinta-feira o governo, em comum acordo com o presidente do Senado, quer votar as PECs 186/19 e 188/19, que, entre outras coisas, reduzem salários e desvinculam os orçamentos constitucionais da saúde e da educação. Além disso, as PECs prorrogam o congelamento salarial e colocam obstáculos para contratações de servidores e servidoras, tão importantes neste momento de pandemia. Já a PEC 32 praticamente acaba com a estabilidade, os concursos públicos e tira do Estado a obrigação de prover os serviços mais básicos, por meio do princípio da subsidiariedade. Junto com outras entidades, o Sintrajufe/RS vem discutindo ações para barrar esses ataques. Uma nova etapa da campanha de mídia será discutida nas instâncias da entidade.

 

 

                                             

Pin It