fbpx

banner tv fenajufe

banner radio fenajufe

banner tv fenajufe

banner fenacast

banner tv fenajufe

banner radio fenajufe

banner tv fenajufe

banner fenacast

Sindicatos

Assembleia no sábado (19) elegerá delegados de Minas para reunião ampliada da Fenajufe

O Sitraemg convocou assembleia geral extraordinária (AGE) para o próximo sábado (19/09), a partir das 14 horas, para eleger 09 delegados e até 04 observadores para a próxima reunião ampliada - extraordinária e virtual - da Fenajufe, que se realizará no dia 14 de outubro. Estão convocados servidores todos os servidores do Judiciário Federal em Minas, filiados e não filiados.

Pin It

Sindijufe teve reunião com TRE-MT; saiba o que foi discutido e os encaminhamentos

A Diretoria do Sindijufe-MT esteve reunida com a Administração do TRE-MT na manhã da quarta-feira (16). A reunião, ocorrida por videoconferência, foi solicitada pelo Sindicato, e os assuntos em pauta foram plano de saúde, horas extras e eleições 2020, envolvendo principalmente os cuidados com relação à pandemia do coronavírus.

Pin It

Sintrajuf-PE realiza debate sobre a reforma administrativa e revogação da EC95

Bolsonaro apresentou a PEC 32 (chamada “reforma administrativa”) com alarde. Embora falem de “modernização”, governo, mercado e mídia repetem que a reforma seria necessária para manter o “teto de gastos” (EC 95), que por sua vez seria condição para o crescimento econômico. Será verdade? Qual a real finalidade dessa “reforma”?

Pin It

Milhares de internautas demostram insatisfação em evento na internet sobre Reforma Administrativa

No momento da publicação desta matéria, a transmissão registrava mais de 18 mil visualizações, mais de 13 mil dislikes e mais de 1,2 mil comentários na página do IDP no YouTube 

Pin It

Sisejufe esclarece sobre conversão de tempo especial em comum

Servidores filiados terão modelo de requerimento disponibilizado pelo sindicato 

Pin It

Sintrajuf-PE realiza debate sobre assédio moral e categoria mostra preocupação com tema

O Sintrajuf-PE debateu, na última segunda-feira (31), o assédio moral e suas implicações. A procuradora do Trabalho e titular regional da Coordenadoria de Promoção de Igualdade de Oportunidades e Eliminação da Discriminação no Trabalho (Coordigualdade), Melícia Carvalho Mesel foi convidada a explicar como esse tipo de agressão ocorre e como evitar que aconteça no ambiente de trabalho. 

Pin It

Justiça Do Trabalho Determina Retorno Presencial Gradual; Sintrajufe Convoca Assembleia Setorial

Ato Conjunto da Presidência, Vice-Presidência e Corregedoria Regional da Justiça do Trabalho do Maranhão determinou o retorno gradual de até 30% dos servidores e estagiários ao trabalho presencial a partir de 1º de setembro de 2020, decisão que deve seguir o Plano de Ação traçado pela JT referendado pelo seu Setor de Saúde (confira links para o Ato e para o Plano ao final deste texto). 

Pin It

Em reunião com Sintrajufe/RS, presidente do TRF4 manifesta posição por avaliação de retorno ao trabalho presencial apenas com 15 dias de redução constante dos números da pandemia no RS

O Sintrajufe/RS participou, na sexta-feira, 28, de uma reunião convocada pelo TRF4 para discutir a situação do trabalho remoto no tribunal e a possibilidade de retomada do trabalho presencial. Representando o sindicato na reunião, o diretor Zé Oliveira reforçou a posição que a entidade vem adotando nas conversas com todas as administrações, pela defesa da saúde e da vida e, assim, pela continuidade, neste momento, do trabalho remoto e das demais medidas de proteção. O presidente do TRF4, desembargador Victor Luiz dos Santos Laus, manifestou-se apontando a intenção de avaliar o retorno ao trabalho presencial apenas quando houver pelo menos 15 dias de redução constante dos números da pandemia. 

Pin It

Sintrajuf-PE debate assédio moral na categoria em live. Hoje, às 17h

O Sintrajuf-PE promove, nesta segunda-feira (31), às 17h, mais uma transmissão em suas redes sociais. Desta vez, o tema é “Assédio moral. O que é? Como enfrentar?”. A procuradora do Trabalho e titular regional da Coordenadoria de Promoção de Igualdade de Oportunidades e Eliminação da Discriminação no Trabalho (Coordigualdade), Melícia Carvalho Mesel é nossa convidada para falar sobre o tema. Ela fará uma breve palestra e vai tirar dúvidas dos espectadores durante o evento.

A Live Sintrajuf-PE será transmitida através de nossos canais no Facebook (facebook.com/sintrajufpe) e YouTube (youtube.com/c/sintrajuf). Pautar e organizar formas de enfrentar o assédio moral vem sendo uma demanda da categoria. O tema frequenta instâncias locais e nacionais da categoria há anos e o Sintrajuf-PE trabalha para combater esse tipo de prática.

O evento virtual pretende trazer informações aprofundadas sobre o que é assédio moral e sobre experiências institucionais de enfrentamento dessa prática. Além disso, subsidiar a atuação do Sintrajuf-PE junto aos servidores e Administrações acerca do assunto. A live de hoje se insere nas atividades que marcam os 28 anos do Sintrajuf-PE.

Área de anexos

Pin It

Sintrajuf-PE reúne fundadores para relembrar lutas e conquistas em 28 anos

O Sintrajuf-PE realizou, ontem (24), uma live em alusão aos 28 anos de fundação do sindicato pernambucano. Para rememorar as lutas e conquistas da entidade, e avaliar as perspectivas de futuro, foram convidados alguns fundadores. Participaram do encontro virtual: Márcia Maria da Fonte Souto, Joaquim Arcoverde, José Augusto Segundo Neto e o presidente do Sintrajuf-PE, Manoel Gérson.

A servidora aposentada do TRF5, Márcia relembrou que o período que precedeu a fundação do Sintrajuf-PE era de efervescência política. E que o processo de criação do sindicato foi construído com democracia e muito debate, com a participação de todos os servidores e discussões qualificadas. Segundo ela, tudo isso mesmo diante de inúmeras restrições que o Judiciário impunha na época.

Servidor aposentado do TRE-PE, um dos fundadores da Fenajufe e primeiro presidente do Sintrajuf-PE, Joaquim Arcoverde detalhou a origem da entidade. Segundo ele, em 1989 foi criada uma associação com objetivo de disponibilizar uma cantina e lazer para os servidores. A partir disso as necessidades de defesa dos direitos da categoria impulsionaram a criação de um sindicato. O Sindjuse, exclusivo da Justiça Eleitoral, junto com as associações da Justiça Eleitoral e da Justiça do Trabalho, foi o ponto de partida para unificação da categoria no Sintrajuf-PE.

Joaquim narrou vários episódios desse processo, mas destacou a luta contra o nepotismo no Judiciário, que na época rendeu ameaças de morte a ele e sua família. Essa luta contou com forte adesão dos servidores e da sociedade. Os avanços conquistados permitiram a realização de concursos públicos e o crescimento de todos os ramos do Judiciário em número de servidores e qualificação do serviço prestado.

Servidor da Justiça do Trabalho desde 1992, atualmente juiz do Trabalho, José Augusto afirmou que os servidores da Justiça do Trabalho sempre foram muito combativos. Ele contou sobre uma “ocupação”, realizada após uma assembleia no pátio do TRT6. “Mais de 50 pessoas seguiram rumo ao TRF5, indo de gabinete em gabinete para convencer os colegas a parar”. Ao final, conseguiram promover a greve em prol do Plano de Cargos e Salários.

O presidente do Sintrajuf-PE e servidor do TRE-PE, Manoel Gérson, fez uma síntese dos desafios que estão colocados para os servidores e seus sindicatos na atual conjuntura. Segundo ele, os colegas que fundaram o Sintrajuf-PE naquele momento de redemocratização enfrentaram a agende neoliberal e a tarefa de unificar a categoria. A atual conjuntura trouxe novamente a necessidade de defender a democracia, de unificar e ampliar o Sindicato e de lutar contra a agenda neoliberal, extremista e autoritária de Bolsonaro e Paulo Guedes.

SORTEIO

Durante o evento virtual, o Sintrajuf-PE sorteou entre seus filiados três notebooks, um para cada categoria: ativos, inativos e espectadores da live. Foram premiados os servidores: Robertson Ferreira Lins – TRT (ativo), Elena Ramos de Araújo – TRE (inativo) e Luciana F Teixeira – JFPE, que acompanhou o debate.

Pin It

‘Desafios do processo eleitoral’ é o tema da live desta quarta (26/8)

Debate será transmitido a partir das 17h no YouTube. Participe com perguntas

Com o processo de preparação das eleições municipais em curso, os tribunais eleitorais de todo país já estão convocando servidores para algumas funções no trabalho presencial e isso tem gerado insegurança e medo devido ao risco de exposição ao coronavírus. No TRE-RJ, por exemplo, juízes escalaram alguns servidores para fazer a recepção dos policiais que estão reforçando a segurança nas zonas eleitorais de fiscalização. E na medida em que o pleito se aproxima, há a previsão de que mais servidores sejam chamados para o trabalho presencial.

“Os desafios para realizar as eleições municipais” é o tema do Sisejufe ao Vivo desta quarta-feira (28/8), às 17h. O vice-presidente do sindicato, Lucas Costa, e o professor de Direito Eleitoral da UFBA e membro da Academia de Letras Jurídicas da Bahia, Jaime Barreiras Neto, vão esclarecer as dúvidas da categoria.

Desafios na Bahia

Segundo Jaime, o TRE-BA tem um plano de retorno às atividades presenciais definido, que vai começar em setembro, quando haverá a volta de um servidor em cada seção eleitoral. Em outubro, voltarão ao trabalho presencial os que não têm comorbidades. E 15 dias antes das eleições, voltarão todos os servidores, inclusive os que pertencem a grupos de risco. O professor de Direito Eleitoral diz que essa imposição tem gerado muita tensão no tribunal regional baiano.

“A eleição 2020 será um grande desafio para todos. De um lado, há a necessidade de preservação da democracia. Por outro lado, há a necessidade de preservação da saúde e da vida de todos que participam do processo”, opina.

Cenário no RJ

No Rio, o vice-presidente do sindicato destaca o trabalho da entidade para buscar o diálogo com a categoria – por meio de reuniões setoriais – e com parlamentares e gestores no TSE. Lucas Costa explica que o sindicato tem questionado essas autoridades quanto à realização do pleito municipal sem condições sanitárias seguras. Em paralelo, dialoga com a Administração para cobrar o protocolo de retorno seguro no caso de impossibilidade de adiamento das eleições, cuja decisão depende do Congresso. No último fim de semana, a delegação dos servidores do Rio de Janeiro levou para a reunião Ampliada da Fenajufe a proposta de discutir uma greve nacional na Justiça Eleitoral.

“Lamentamos profundamente que a decisão do TSE e do Congresso Nacional tenha sido a de realizar as eleições municipais dentro do ano de 2020, a qualquer custo e sob quaisquer condições. A pretexto de se defender a democracia, o que se verifica é que uma eleição eventualmente realizada em meio à condições adversas, causadas pela pandemia, pode ser caracterizada por um índice de abstenção elevado e, consequentemente, gerando um resultado que não refletirá a efetiva vontade democrática da maioria dos eleitores“, avalia.

O dirigente sindical ressalta ainda: “diante da imposição da agenda eleitoral pela promulgação da EC 107, cabe a nós, representantes da categoria, dialogar com os gestores dos Tribunais Regionais Eleitorais, buscado a proteção dos servidores dos grupos de risco e adiando o retorno presencial ao máximo, além de garantir a realização do maior número de atividades por meio do trabalho remoto”, pontua. .

Por fim, Lucas destaca que, num país de dimensões continentais como o Brasil, será preciso identificar os locais em que as condições sanitárias se mostrem impeditivas para a preparação e realização das eleições e, nos casos mais graves, inclusive realizar greve em defesa da vida dos servidores, dos terceirizados, dos mesários, eleitores e da população em geral, para evitar uma nova onda de contágio e mortes pela Covid-19.

Como participar da live

O debate desta quarta terá a mediação da jornalista Tais Faccioli. Para acompanhar, basta clicar no link www.sisejufe.org.br/aovivo na hora marcada.

Pin It

Sindjus-AL defende manutenção do trabalho remoto durante a pandemia ao presidente em exercício do TRE

A coordenação do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal em Alagoas (Sindjus-AL) se reuniu com o presidente em exercício do TRE-AL, desembargador Otávio Leão Praxedes, na quarta-feira (19), para tratar da preocupação da categoria com retorno presencial aos locais de trabalho e das condições de trabalho. O Sindicato solicitou a manutenção do trabalho remoto durante a pandemia. O presidente em exercício ouviu as demandas da categoria pelos dirigentes do Sindicato e por dois servidores dos cartórios do interior. O desembargador disse que o Tribunal está adotando as medidas para os servidores se sentirem mais seguros. 

Pin It

Servidores deliberam por manutenção do trabalho remoto durante a pandemia e luta em defesa da vida

O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal em Alagoas (Sindjus-AL) realizou uma assembleia geral virtual, na noite da segunda-feira (17), pela plataforma do Google Meet, onde a categoria decidiu pela manutenção do trabalho remoto durante a pandemia e luta em defesa da vida. 

Pin It

Sisejufe elege delegados para Ampliada da Fenajufe em assembleia virtual

Delegação do Rio defenderá mobilização contra reforma administrativa, protocolo de retorno seguro e greve nacional da JE 

Pin It

Saúde de magistrados e servidores na pandemia é foco de seminário online

Fonte:  Notícias CNJ / Agência CNJ de Notícias

Saúde de magistrados e servidores na pandemia é foco de seminário online
A saúde mental de magistrados e servidores no contexto da pandemia da Covid-19 estará em debate no 3º Seminário Nacional sobre Saúde dos Magistrados e Servidores do Poder Judiciário, a ser realizado virtualmente no dia 24 de agosto. As inscrições podem ser feitas por meio de formulário eletrônico até 23 de agosto.

O evento é promovido pelo Comitê Gestor Nacional de Atenção Integral à Saúde de Magistrados e Servidores do Poder Judiciário. Na oportunidade, serão apresentados os resultados da pesquisa produzida pelo Departamento de Pesquisas Judiciárias (DPJ) do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que traz um panorama da situação de saúde e bem-estar dos magistrados e servidores durante a pandemia. Além disso, o seminário on-line trará debate sobre as ações a serem implementadas para o retorno ao trabalho presencial.

Acesse aqui a programação do seminário

Participam da abertura do seminário o presidente do Supremo Tribunal Federal e do CNJ, ministro Dias Toffoli; o corregedor Nacional de Justiça, ministro Humberto Martins; o conselheiro e presidente da Comissão Permanente de Eficiência Operacional e Gestão de Pessoas, ministro Emmanoel Pereira; e a conselheira e coordenadora do Comitê Gestor Nacional de Atenção Integral à Saúde de Magistrados e Servidores, Flávia Pessoa.

Edições anteriores

2ª edição do Seminário sobre Saúde de Magistrados e Servidores do Poder Judiciário foi realizada nos dias 4 e 5 de setembro de 2019.  Durante o evento foram debatidas sugestões de melhoria para a condução dos comitês estaduais, bem como permitiu que os diversos tribunais tivessem conhecimento de ações na área da saúde em toda a Justiça.

No dia 28 de março de 2019, o CNJ realizou o 1º Seminário sobre Saúde de Magistrados e Servidores do Poder Judiciário. Na oportunidade, foram debatidos temas como o financiamento dos serviços de saúde, assim como o adoecimento e a qualidade de vida dos juízes e servidores do Poder Judiciário brasileiro.

Serviço:

Data: 24 de agosto de 2020
Horário: das 14h30 às 18h
Local: Plataforma virtual Cisco Webex

Alex Rodrigues
Agência CNJ de Notícias
Foto: Arquivo

Pin It

Nesta quinta-feira, 20, às 18h, Sintrajufe/RS realiza live sobre saúde e trabalho em meio à pandemia

O Sintrajufe/RS realiza nesta quinta-feira, 20, às 18h, a live “Saúde e trabalho durante a pandemia: a atuação do Sintrajufe/RS”. A transmissão do painel será pela página do sindicato no Facebook, que pode ser acessada AQUI. Durante a atividade, será possível enviar perguntas, cujos temas serão abordados pelos participantes. 

Pin It

Assembleia geral online do Sintrajufe/RS, com quase 170 colegas, aprova “Fora, Governo Bolsonaro” e define delegação para ampliada da Fenajufe

A pandemia do novo coronavírus não impediu que a categoria se reunisse, ainda que de modo online, para discutir e deliberar sobre assuntos que trazendo grande preocupação, como o retorno ao trabalho presencial e as ameaças aos direitos, advindas de propostas de reforma administrativa. Em assembleia geral do Sintrajufe/RS na terça-feira, 17, foram aprovadas duas resoluções: “Em defesa da vida, da democracia e dos direitos. O Brasil não suporta mais: Fora, governo Bolsonaro!” e “Em defesa da vida”. Os e as colegas também elegeram a delegação que participará da reunião ampliada da Fenajufe, dia 22. 

Pin It

afju fja fndc