Fenajufe, Fenassojaf e OAB unem-se para proteção de OJAFs

Medida é resposta a ofício encaminhado pelas Federações às entidades nacionais dos Advogados. OJAFs são mais expostos à Covid-19 no cumprimento de mandados

Atendendo solicitação conjunta da Fenajufe e da Fenassojaf, o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil – CFOAB – após reunião virtual do Colégio de Presidentes dos Conselhos Seccionais em 18 de maio, encaminhou recomendação oficial para adoção das providências julgadas cabíveis, nos estados e do Distrito Federal.

O ofício assinado pelos coordenadores Engelberg Belém e Thiago Duarte pela Fenajufe e por Neemias Ramos Freire, pela Fenassojaf, foi enviado ao Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e à presidência da Associação Brasileira de Advogados Trabalhistas (ABRAT).

Nele, Fenajufe e Fenassojaf solicitaram fosse recomendado a advogados e advogadas de todo o país a adoção de medidas que auxiliem os Oficiais de Justiça a cumprirem mandados de forma eletrônica, indicando nas petições contatos de e-mail e telefones - através de aplicativos de mensagens - das partes.

A medida foi comunicada às Federações pelo presidente do Conselho Federal da Ordem, Felipe Santa Cruz (acesse AQUI) e atende pedido da Fenajufe e da Fenassojaf, como forma de proporcionar maior proteção aos Oficiais de Justiça.

 

Luciano Beregeno, da Fenajufe

Pin It