Ataque à democracia será tema de seminário do Fonasefe

O encontro organizado pelo Fórum acontece nos dias 18 e 19 de junho por videoconferência e terá como público-alvo dirigentes sindicais das Entidades do Setor Público 

Tendo em vista o cenário cada vez mais caótico devido a crise política-econômica-sanitária que o governo Bolsonaro instalou no País, o Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) vai realizar nos dias 18 e 19 de junho seminário sobre os "Ataques à Democracia e ao Estado Social Brasileiro". O encontro, por videoconferência, terá como público-alvo dirigentes sindicais das Entidades do Setor Público.

O objetivo é promover debate com relação aos ataques do governo ao serviço público; fazer uma avaliação da conjuntura; debater os impactos que podem decorrer nas mudanças do Estado brasileiro formatado pela edição das inúmeras medidas do governo; indicar perspectivas de ação futuras de enfrentamento na defesa dos servidores, além de traçar estratégias de luta e enfretamento durante e pós pandemia.

Tão logo seja confirmado os painéis, a programação será publicada no site da Fenajufe.

O coordenador Charles Bruxel, que representou a Federação na reunião do Fórum na terça-feira (2), reforçou a importância da unidade das Entidades na construção da resistência diante do avanço da onda anti-democrática conduzida pelo governo. "Os integrantes do Fórum na reunião mostraram grande preocupação com a escalada ditatorial pela qual vem passando o País e sinalizaram ser essencial que os servidores e entidades apoiem e fortaleçam os movimentos pró-democracia da sociedade", disse.

Na reunião, foram definidos os seguintes encaminhamentos:

1) Impulsionar e garantir a reunião dos Fóruns estaduais para organizar a participação das entidades nas datas de mobilização.

I) 05/06 – dia nacional de agitação e propaganda pelo Fora Bolsonaro e Mourão.

II) 13/06 – dia de mobilização pelo Fora Bolsonaro

III) 24/06 – dia nacional de mobilização das centrais sindicais

2) Apoiar a mobilização das torcidas e organizações antifascistas marcadas para o próximo final de semana.

3) Fazer ofício aos partidos de oposição na Câmara dos Deputados para exigir abertura de processo no conselho de ética contra o Dep. Daniel Silveira (PSL-RJ) em função do vídeo com ameaças de morte aos ativistas dos movimentos antifascistas. (Responsável: FENASPS)

4) A comissão enviará em anexo a esse relatório proposta de seminário do FONASEFE para os dias 18 e 19 de junho. As entidades que tiverem propostas de adequação na programação do seminário devem enviar a comissão suas sugestões. Na próxima reunião do FONASEFE será definido o encaminhamento sobre a realização do seminário. Comissão: Toninho (FASUBRA), Zanata (CSP-Conlutas), Rogério (CONDSEF).

5) Até o dia 6 de junho as entidades sindicais devem enviar para Rogério (CONDSEF) as propostas de orçamento para a campanha de mídia do FONASEFE, a partir do roteiro que foi enviado na semana passada para as entidades. Na próxima reunião do Fórum, será apresentada uma síntese das propostas enviadas e marcada reunião com as empresas de comunicação, para que o FONASEFE possa definir pela contratação e desenvolvimento da campanha.

6) O vídeo de denuncia das falas de Paulo Guedes estará disponível para a divulgação das entidades até quinta após a correção do nome da FENASPS e da mudança do palavra-de-ordem de ‘Fora Bolsonaro’ para ‘Fora Bolsonaro e Mourão’.

7) Junto a esse relatório vai modelo de carta a ser enviada ao governo para solicitar reunião sobre a inserção do desconto da sindicalização no SIGEPE.

8) Aprovada moção pela liberdade de Sebastián Romero, ativista metalúrgico da Argentina que foi preso no Uruguai no sábado (30/05), depois da emissão de mandado de busca e captura internacional, em função de sua participação no processo de luta contra a reforma da previdência de Macri em 2017 na Argentina.

9) Próxima reunião do FONASEFE 09/06 às 8h30min. Interessados em participar enviar e-mail pata Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

 

Raphael de Araújo, da Fenajufe

Pin It