Reunião com entidades define os rumos para campanha de mídia nacional contra a Reforma Administrativa

Proposta de união com demais categorias em defesa do serviço público é deliberação da Ampliada 

A Fenajufe se reuniu nesta quarta (09) de forma virtual com várias entidades do serviço público que atenderam ao chamado para juntas construírem campanha de mídia nacional contra a Reforma Administrativa.

O chamamento foi deliberação da reunião Ampliada Extraordinária Virtual ocorrida dia 22 de agosto. Na ocasião, as discussões de conjuntura e cenário atual de perdas e retirada de direitos foram determinantes para a aprovação de medidas eficazes de enfrentamento ao governo de Jair Bolsonaro.

A proposta é a elaboração de uma campanha de mídia nacional em conjunto para derrotar o projeto de Reforma administrativa que avança no Congresso Nacional.  O texto entregue na última semana vai trazer prejuízos para a população que depende dos serviços públicos e retira direitos dos servidores.

As entidades representativas do serviço público como Fenajud, Fenafisco, Anfip Anafe, Sindifisco Nacional AFPESP Fenassojaf, Sindsemp/MA, Fenastec, Conacate, e Fenamp/Ansemp, entre outras estiveram presentes e dividiram o mesmo pensamento em comum de trabalhar contra a aprovação da Reforma administrativa

Participaram os coordenadores Lucena Pacheco, Isaac Lima e Thiago Duarte.  O coordenador de comunicação Isaac Lima conduziu os trabalhos e fez uma avaliação positiva.  Isaac elogiou a participação ativa das entidades e o consenso em abraçar a campanha. O dirigente reforça que a unicidade é o principal ponto para o êxito da campanha. A reunião definiu a utilização massiva das redes sociais para alcançar o maior número possível de pessoas. “Temos que nos unir para lutar contra essa reforma”, conclui.

Para o coordenador Thiago Duarte o momento é de unicidade. “É hora de união de todas as entidades do serviço público, deixando nossas diferenças de lado. Nas ruas, nas redes sociais e no parlamento, precisamos de unidade, e uma campanha de comunicação coordenada e conjunta é mais do que necessário para enfrentar as fake news do governo contra os servidores”,

Encaminhamentos:

. Criação de uma Frente de Defesa do Serviço Público com as entidades participantes contra a Reforma

. Criar Grupo de Trabalho com os coordenadores de comunicação das entidades que serão responsáveis na definição da campanha nacional.

. Realização semanal de reunião.

A próxima reunião está marcada para a próxima quarta-feira, às 15 horas, pela plataforma de reuniões virtuais meet.

 

Joana Darc Melo, da Fenajufe

Publicado por Raphael de Araújo

Pin It