fbpx

banner tv fenajufe

banner radio fenajufe

banner tv fenajufe

banner fenacast

banner tv fenajufe

banner radio fenajufe

banner tv fenajufe

banner fenacast

Frente Parlamentar Mista do Serviço Público reúne entidades e discute mobilizações do 18 de janeiro

Calendário definitivo de atividades será divulgado após reunião do Fonasefe, na sexta-feira, 14. Na pauta, PEC 32 e reajuste

Entidades que integram a Frente Parlamentar Mista do Serviço Público realizaram a primeira reunião de 2022 nesta segunda-feira, 10. Na pauta, a mobilização das diversas categorias do serviço público federal, em defesa da recomposição salarial. Pela Fenajufe, presença dos coordenadores Fabiano dos Santos, Roberto Policarpo e Thiago Duarte.

Depois de uma campanha vitoriosa em 2021, coroada pelo barramento da reforma Administrativa, servidoras e servidores públicos têm mais um desafio acrescentado à lista. Derrotada em dezembro, mal a PEC 32 saiu de cena, os alertas dos serviços públicos se acenderam quando o Congresso Nacional aprovou reserva de R$ 1,8 bilhões para reajuste salarial a carreiras da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal, do Departamento Penitenciário Nacional e outras do Ministério da Justiça.

Agora, ao lado da derrubada efetiva da PEC 32, a batalha é pelo reajuste salarial de todas as carreiras do serviço público. E para isso, a ordem é mobilização, já no início do ano. Com o governo se negando a negociar reajuste ao conjunto dos servidores e servidoras, privilegiando apenas setores que apoiam o projeto político de Bolsonaro, a resposta do funcionalismo é a greve.

Desde dezembro com a aprovação do Orçamento da União para 2022, as categorias desprezadas pelo governo se organizam. O primeiro ato do ano acontece no 18 de janeiro com um dia de paralisação. Mas o calendário oficial será definido nas sexta-feira, 14, em reunião do Fórum das Entidades Nacionais do Serviço Público, o Fonasefe.

Em sua intervenção, o coordenador da Fenajufe, Roberto Policarpo, explicou que a pauta salarial, no Judiciário, já está em discussão através da Comissão Permanente de Carreira e que o reajuste diferenciado, é um elemento a mais que motiva a luta. Policarpo destacou ainda a necessidade da luta conjunta, unitária, para atingir os objetivos:

A Frente Parlamentar Mista do Serviço Público volta a reunir-se até 31 de janeiro para definir as atividades ao longo do próximo período.

Luciano Beregeno, da Fenajufe

Pin It

afju fja fndc