fbpx
Técnicos do PJU já desempenham funções de nível superior

Técnicos do PJU já desempenham funções de nível superior

Já faz tempo que os técnicos judiciários federais realizam funções de complexidade e responsabilidades que são condizentes com a formação em ensino superior.

Membros do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) inclusive já firmaram o entendimento de que as funções exercidas pelos técnicos judiciários caracterizam atividade jurídica, uma vez que demandam interpretação da legislação e aplicação a partir de princípios jurídicos.

Entre exemplos do trabalho jurídico desenvolvido por esses profissionais estão atividades como emissão de relatórios e outros documentos, redação de minutas, realização de pesquisas, segurança institucional, realização de instrução e procedimentos administrativos e gestão de contratos, entre outros.

Exigir o nível superior para ingresso nessa carreira melhorará o funcionamento do PJU e o atendimento à população, que terá uma Justiça cada vez mais eficiente.

 

Fonte: FENAJUFE

Pin It

afju fja fndc