fbpx

banner tv fenajufe

banner radio fenajufe

banner tv fenajufe

banner fenacast

banner tv fenajufe

banner radio fenajufe

banner tv fenajufe

banner fenacast

Alexandre de Moraes nega acesso de servidores(as) ao Congresso na luta contra a Reforma Administrativa

Ministro do STF negou HC impetrado pela Federação. Mobilização continua nesta quinta-feira ,23

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, negou Habeas Corpus impetrado pela Fenajufe para garantir a servidoras e servidores, livre acesso à Câmara dos Deputados durante tramitação da PEC 32/20 – a reforma da Previdência.

O HC foi proposto no início da semana e visava a proteção de direito da categoria ao diálogo com os parlamentares. No pedido, a Fenajufe argumentou que a defesa da posição dos servidores e servidoras está prejudicada pelas limitações impostas com as medidas de restrição de acesso aos parlamentares, determinadas pela presidência da Câmara.

Vale destacar ainda que mesmo antes da pandemia, a Câmara dos Deputados adotou, via Mesa Diretora, controle excessivo do acesso ao prédio. Desde a presidência de Eduardo Cunha (à época MDB/RJ), passando pelos mandatos de Rodrigo Maia (então DEM/RJ e hoje PSDB/RJ) ao atual Arthur Lira (PP/AL), a garantia das liberdades democráticas no interior do Parlamento tem sido gradualmente reduzida.

Independente do pedido negado no HC, a Fenajufe, através da Diretoria Executiva, e os Sindicatos Filiados, continuam a atuação no corpo a corpo com deputadas e deputados, para derrubar a reforma administrativa proposta por Bolsonaro e Guedes.

Se aprovada, a PEC 32/20 cria mecanismos que oficializam a corrupção através do apadrinhamento e institucionalização das “rachadinhas”.

 

Luciano Beregeno, da Fenajufe

Pin It

afju fja fndc