Ataque ao trabalho: jurídicos do Fonasefe e Fonacate debatem estratégias de atuação

 

 

 

Assessorias Jurídicas das entidades nacionais que integram o Fonasefe e o Fonacate estiveram reunidas na tarde da terça-feira, 12, em Brasília, para traçar estratégias de atuação neste momento de pleno ataque do governo e parlamento, aos servidores e serviços púbicos brasileiros. A Fenajufe esteve representada pelo coordenador Erlon Sampaio e pelo Advogado Paulo Freire, da Assessoria Jurídica Nacional (AJN) da Federação.

Dos alertas e riscos apontados, as assessorias levantaram a necessidade de acompanhar a tramitação da PEC Paralela da Previdência, bem como o acompanhamento e compartilhamento de informações sobre as propostas do Pacto Federativo; a PEC Emergencial de controle de despesas; a dos Fundos Públicos e a Reforma Sindical.

Ainda quanto aos pontos debatidos, indicou-se estudar a viabilidade de denúncia perante a Corte Interamericana de Direitos Humanos sobre a Emenda Constitucional (EC) n. 103 – Reforma da Previdência.

Com o objetivo de organizar as propostas e o melhor entendimento da nova Previdência, foram definidos relatores que irão sistematizar os argumentos de cada tema, para a reunião que acontece em 19 de novembro, assim  definidos:

- Contribuições e Alíquotas (Assessoria FENAJUFE)

- Regras de Transição (Assessoria ANDES-SN)

- Desconstitucionalização

- Aposentadorias Especiais (Assessoria CONDSEF)

- Pensões (Assessoria FASUBRA)

- Regras de Transição


Luciano Beregeno, da Fenajufe (foto e texto)

 

 

 

Pin It

Entidades Filiadas

MAPASITE logos1200x580jpg