fbpx

banner tv fenajufe

banner radio fenajufe

banner tv fenajufe

banner fenacast

banner tv fenajufe

banner radio fenajufe

banner tv fenajufe

banner fenacast

Na Bahia, categoria mantém greve e próxima assembleia geral será nesta quarta

A imposição, por parte do STF, de um Projeto de Lei que não contempla as perdas inflacionárias acumuladas durante seis anos e as próximas que virão – “ferindo a dignidade, subestimando a inteligência dos servidores do Judiciário Federal e desvalorizando o serviço público como um todo” -, teve como resultado a deliberação da continuidade do movimento grevista na Bahia, por ampla maioria, segundo informações do Sindjufe-BA. O debate que resultou nesta decisão foi feito na tarde desta segunda-feira (3) no TRT Comércio, durante assembleia geral.

De acordo com o sindicato, na assembleia de ontem além de explicar o que é a "proposta" do STF, transformada no PL 4363/2012 - salientando que o mesmo não possui o montante que contemple os valores anunciados e nem tem seu destino definido uma vez que os magistrados também foram ao STF questionar o reajuste dos servidores -, a categoria debateu estratégias de mobilização para o fortalecimento da greve no estado, além de avaliar a situação de adesão ao movimento paredista em todos os órgãos.

A ampla maioria dos servidores aprovaram a continuidade da greve e a realização, nesta terça-feira (04), de um ato público de manhã no TRT do bairro Nazaré, quando estava prevista uma reunião com a Administração do TRT5.

A próxima assembleia geral da categoria para avaliar os rumos do movimento será nesta quarta-feira (05), às 13h, no TRE.

Fonte: Sindjufe-BA

Pin It

afju fja fndc