Sindjus-AL realizará roda de conversa virtual “Da Violência Contra a Mulher ao Machismo, Como ‘Libertar’ Homens e Mulheres?” nesta segunda (29)

No mês da mulher, o Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal em Alagoas – Sindjus-AL realizará a roda de conversa virtual “Da Violência Contra a Mulher ao Machismo, Como ‘Libertar’ Homens e Mulheres?”, nesta segunda-feira (29), às 20 horas, através da plataforma do Google Meet, pelo link: meet.google.com/nuh-tavw-xje.

Para realização da roda, o Sindjus convidou a professora da Ufal e membra da CSP-Conlutas Mônica Regina Nascimento dos Santos; a advogada Ana Clara Alves, integrante do Instituto do Negro de Alagoas – Ineg-AL; a policial civil e diretora de Planejamento do Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas – Sindpol, Silvia Lúcia Almeida; e a coordenadora do Centro de Defesa dos Direitos da Mulher (CDDM,) Paula Lopes.

A roda de conversa tem como objetivo discutir a violência contra a mulher e o combate ao machismo, que escraviza culturalmente homens e mulheres.

A mentalidade machista mata, fere, humilha e reprime mulheres. Os dados mostram que a cada oito minutos uma mulher sofre um tipo de violência. Com a pandemia, os casos de feminicídio aumentaram de forma assustadora. Alagoas possui a maior taxa de feminicídios do Brasil, são 2,5 a cada 100 mil mulheres, de acordo com os dados do Núcleo de Estudos da Violência da USP.

Debater e esclarecer essa temática é uma das formas de combate ao machismo. Participe da roda de conversa!

Participação

Para participar, se for usar computador, o servidor poderá usar qualquer navegador sem precisar de downloads. Já no smartphone ou tablete, é preciso fazer o download do aplicativo do Google Meet para dispositivos móveis. Para entrar na sala virtual (meet.google.com/nuh-tavw-xje), é necessário informar o nome e sobrenome.

Pin It