Reunião do Fórum de entidades dos federais convoca dia nacional de paralisação, com marcha a Brasília para o dia 19 de março

A direção da Fenajufe participou, nesta quarta-feira (18/02), da reunião do Fórum de Entidades Nacionais dos Servidores Federais, que tinha sido deliberada na reunião ampliada dos SPFs realizada no dia 7 de fevereiro para fechar o calendário de atividades. Adilson Rodrigues, membro da coordenação geral da Fenajufe participou da reunião, acompanhado por Lourival Mattos, da direção do Sindjufe/BA. A reunião contou com a participação das federações e sindicatos nacionais dos seguintes setores: Andes – SN, Assibge-SN, Asfoc, Condsef, Fasubra, Fenasps, Unacon Sindical, Sinal, CSP-Conlutas, CTB e Intersindical. Também participou da reunião dirigentes do CPERS, que representam os professores do Rio Grande do Sul.

Após os informes e avaliação das entidades sobre o processo de mobilização em curso em cada uma das categorias, a reunião deliberou por consenso os seguintes encaminhamentos:

20/02, às 13h – Participação de todas as entidades na audiência pública sobre o Direito de Greve, que será realizada nesta quinta-feira;

11/03, às 14h – Reunião do Fórum de Entidades Nacionais para avaliar a preparação da marcha e a resposta do governo à pauta de reivindicações que foi prometida para ser encaminhada ao fórum até a véspera do carnaval;

10 a 14/03 – indicativo de realização de atividades conjuntas nos estados, com instalação onde ainda não houver e fortalecimento das coordenações de servidores federais já instaladas nos estados;

19/03 - Dia Nacional de paralisação, com marcha sobre Brasília;

19/03, à tarde – Plenária ou reunião ampliada do Fórum de entidades dos federais;

- Reunião na última semana de março para avaliar as atividades realizadas, as greves em andamento e o processo de mobilização para o início da greve em abril.

- Elaboração de carta do Fórum de entidades aos senadores sobre os PLS 499 e 728/2011 que buscam a criminalização dos movimentos sociais. Fazer campanha de denúncia à população da política de repressão do governo aos movimentos sociais.

- Orientar as entidades a utilizarem o material da campanha salarial já existente para criar a identidade desse movimento.

- Orientar as entidades que elaborem release para a imprensa e carta aberta para a sociedade e também reforçar a comunicação na mídia social.

Foto de capa feita por Joana D’Arc, na reunião ampliada do Fórum de entidades dos federais realizada em 07/02/14

Pin It