Com novas adesões, greve começa a ganhar mais força - Confira o quadro nacional

Nesta quarta (15), a categoria paralisou os trabalhos no Rio Grande do Sul e na Bahia. Na próxima segunda-feira, 20 de agosto, servidores de Alagoas, Piauí, Minas Gerais e da Justiça do Trabalho da 15ª Região iniciam a greve.

Com essas novas adesões, a greve começa a ganhar mais força, cujo mote, aprovado em reunião da Fenajufe com sindicatos filiados, é “pelo fechamento do acordo entre o Executivo e o Judiciário Federal e garantia dos recursos do PCS na proposta orçamentária a ser enviada até o dia 31/08 ao Legislativo”.

Confira abaixo o quadro de greve pelo PCS.

Greve por tempo indeterminado

Sindjus-DF: A greve do Judiciário e do Ministério Público da União completou nesta quarta-feira (15) duas semanas no Disitrito Federal, e as adesões vão crescendo a cada dia. Na tarde desta quarta-feira (15) foi realizada assembleia na porta do STF e, em seguida, os servidores ficaram em vigília, também em frente ao Supremo.

Sintrajud-SP: Nesta quarta-feira (15) a greve por tempo indeterminado completou uma semana, e os servidores realizaram assembleia estadual às 14h, em frente ao TRE, para avaliar o movimento.  Em Santos (litoral de São Paulo) os servidores do Judiciário Federal da Baixada e demais categorias em greve ou paralisadas vão realizar mais um ato unificado nesta quinta-feira (16/08), às 11h30. A concentração do ato será em frente à Justiça Federal de Santos, localizada na Praça Barão do Rio Branco, 30.  Em seguida os servidores em greve irão marchar nas ruas de Santos até a Praça Mauá. No percurso irão denunciar para a população a política intransigente do governo Dilma Rousseff contra aos servidores que estão em luta pela valorização dos serviços públicos.

Sindijufe-MT: A greve dos servidores no Mato Grosso, que também iniciou no dia 8/08, completou nesta quarta-feira (15) uma semana. Na assembleia geral desse primeiro dia de paralisação foi aprovado que toda segunda, quarta e sexta-feira seriam realizadas assembleias gerais para avaliação do movimento grevista.

Sintrajusc-SC: A greve em Santa Catarina, iniciada na segunda-feira (13), ganhou nesta quarta (15) mais adesões na Justiça Federal, com a entrada de Laguna e Tubarão no movimento. Já estavam em greve Florianópolis, Criciúma e Blumenau. Em Joinville, houve paralisação de três horas em dois setores e participação parcial das outras Varas e de Oficiais de Justiça na terça (14). Os servidores de Joaçaba decidiram paralisar as atividades durante duas horas diárias de quarta até sexta, reunindo-se ao final do dia para avaliar o movimento. Em Chapecó houve paralisação das 14 às 16 horas em dois setores, com adesão de um terceiro nesta quarta (15). O movimento está com forte participação dos servidores do TRE. Os servidores da Justiça do Trabalho também fizeram paralisação de duas horas nesta quarta (15), das 15 às 17 horas, com reunião setorial para debater a forma de continuidade do movimento. Até o fechamento deste não havia informações sobre a assembleia.

Sindjufe-BA: A greve começou forte na Bahia nesta quarta-feira, 15 de agosto. Logo pela manhã, servidores dos três órgãos (TRT, TRE e JF) deram início às atividades da greve no TRT – Comércio, onde foram feitas visitas às Varas Trabalhistas e realizadas assembleias em cada andar.

Sintrajufe-RS: Em assembleia geral no dia 8/08, os servidores do Judiciário Federal do Rio Grande do Sul aprovaram deflagrar a greve por tempo indeterminado a partir desta quarta, 15 de agosto, quando os servidores realizaram vários piquetes e assembleias de base.

Confira a programação da greve para os dias 16 e 17:
16 de agosto, quinta-feira
10h – piquete no TRT
Em Brasília: reunião ampliada da Fenajufe. O Sintrajufe/RS enviará delegados.
17 de agosto, sexta-feira
11h30min – piquete no TRE Duque
À tarde, nas varas trabalhistas, oficina sobre reciclagem de lixo (horário a confirmar)

Greve a partir do dia 20 de agosto

Sindjus-AL: Os servidores do Judiciário Federal e do MPU de Alagoas decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir do dia 20 de agosto, próxima segunda-feira. No dia 20, os servidores devem se concentrar em frente ao prédio das Varas do Trabalho a partir das 8 horas, para as atividades de mobilização da greve nacional por tempo indeterminado. O Sindjus/AL também está convocando os servidores do Judiciário Federal e do MPU para participar do ato público contra o congelamento de salários durante a visita da presidente Dilma Rousseff a Alagoas, nesta sexta-feira (17). A manifestação será realizada pelos servidores públicos federais e estudantes, que estão em greve desde o dia 17/05/2012. As entidades entregarão um documento contendo a pauta de reivindicações de cada categoria. Para participar do protesto, os servidores do Judiciário Federal e do MPU deverão ir para a sede do Sindjus/AL (localizado na antiga Rua da Praia, 102 – Centro), às 7 horas, nesta sexta-feira (17). Do sindicato, os servidores irão para Marechal Deodoro, onde ocorrerá a mobilização.

Sitraemg-MG: Reunidos em ato público e assembleia, que contou com quase 300 pessoas nesta terça-feira (14), na porta da Justiça Federal, em Belo Horizonte, os servidores do Poder Judiciário Federal em Minas deliberaram por greve por tempo indeterminado a partir de segunda-feira, dia 20. A categoria percorrerá os tribunais conscientizando os colegas e o sindicato colocará pontos de apoio nos principais locais de trabalho na Capital. A assembleia também aprovou novo Ato Público dia 21, terça-feira, em frente à Justiça Federal. Já no dia 20, segunda-feira, quando começa oficialmente a greve em Minas, o Sitraemg estará presente na porta dos três principais prédios dos tribunais em Belo Horizonte com barracas onde os servidores poderão assinar a lista paralela de ponto, obter informações sobre a mobilização e terão à sua disposição materiais informativos do Sindicato. Aos servidores do interior, o sindicato orienta que estes devem fazer a mobilização e enviar informes e fotos ao Sindicato.

Sindiquize-SP: A maioria dos 136 servidores que compareceram à rodada de assembleias, realizada nesta terça-feira (14) pelo Sindiquinze-SP, aprovou a realização da greve por tempo indeterminado a partir da próxima segunda-feira (20) pela aprovação do reajuste salarial da categoria.

Sintrajufe-PI: Em assembleia realizada na manhã desta quarta-feira (15), ao final da manifestação do Apagão do Judiciário organizada pelo Sintrajufe-PI na entrada do TRE, servidores do Judiciário Federal do Piauí decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir da próxima segunda (20). Os servidores do MPF também irão parar suas atividades no Piauí a partir de segunda-feira (20).

Paralisações de 24 e 48 horas

Sindjuf-PB: Os servidores da Paraíba paralisaram as atividades no TRE-PB nesta quarta-feira (15), com direito a piquete e manifestações. Um comitê foi definido para visitar o TRT, as Varas do Trabalho e Justiça Federal e convidar os demais servidores a também se mobilizar, uma vez que o Plano beneficia a toda a categoria.

Sindjuf-PA/AP: Os servidores da Justiça Eleitoral do Pará irão paralisar suas atividades nestas quinta e sexta (16 e 17/08), como havia sido deliberado em assembleia realizada no dia 8 de agosto. Na segunda-feira (13) houve assembleia setorial na sede do TRE/PA para debater as estratégias de greve e divulgação do documento que simbolizará o compromisso dos servidores com a luta da categoria em prol do reajuste salarial e, desde o início desta semana, estão sendo realizadas visitas diárias a cada setor do TRT para fazer o debate sobre a greve.

Atos e assembleias para discutir adesão à greve

Sindjufe-MS: Servidores do Mato Grosso do Sul participaram, na tarde desta quarta (15), de ato público em frente às Varas do Trabalho de Campo Grande, convocado pelo Sindjufems. O atocontou com a participação de servidores do MPT, Justiça Federal, Justiça Eleitoral e Justiça do Trabalho.

Sintrajufe-MA: Nesta quinta-feira (16), às 13h, a categoria no Maranhão se reúne para tratar da mobilização pelo PCS. Também nesta quinta, às 13h, haverá assembleia setorial no TRE-MA. A partir de segunda-feira, dia 20 de agosto, começam as paralisações na PRT e mobilizações em diversas cidades do interior e, na terça (21) às 13h30 e na quarta (22) às 13h, acontecerão assembleias setoriais na Justiça Federal e no Fórum Astolfo Serra, respectivamente.

Sisejufe-RJ: Com indicativo de greve, servidores do Rio de Janeiro anteciparam a data da próxima assembleia da categoria no estado, que estava marcada para o dia 24 de agosto, para o dia 22 de agosto, próxima quarta-feira, às 12h, em frente à JF da avenida Rio Branco. Na assembleia do dia 22 os servidores irão deliberar sobre deflagração ou não da greve.

Sintra-AM/RR: Servidores do TRT no Amazonas agendaram para o dia 21 de agosto a realização de um ato público, com assembleia geral para deliberar sobre o início da greve por tempo indeterminado no Amazonas.

Sinjufego-GO: Nesta quinta-feira (16), o Sinjufego realiza nova rodada de assembleias setoriais no TRT-GO, na Seção Judiciária do Estado de Goiás e no TRE-GO para discutir a greve e a mobilização nacional em defesa do PCS. As assembleias desta quinta serão realizadas às 13h, na sede do TRT-GO GO (Av. T-1, S. Bueno - entrada do Fórum Trabalhista de Goiânia); às 15 horas, na Seção Judiciária do Estado de Goiás (entrada da Rua 19, Centro de Goiânia) e às 17 horas, na sede do TRE-GO(Praça Cívica, Centro de Goiânia, no hall dos elevadores).

Sintrajufe-CE: O sindicato realizará assembleia geral no dia 17 de agosto com os servidores da JF.

Sintrajurn-RN: Na próxima sexta-feira (17) acontece, em Natal, um ato público seguido de assembleia em frente ao prédio do TRT, a partir das 10 horas da manhã, para decisões sobre o rumo da luta da categoria no estado.

Sinje-CE: Os servidores da Justiça Eleitoral do Ceará realizaram assembleia na última terça-feira (14/8) para eleição dos delegados para a Reunião Ampliada da Fenajufe, e para discutirem a participação dos servidores cearenses da JE no movimento nacional. Os servidores decidiram entrar em estado de greve e realizar manifestação na Praça da Justiça Federal, no dia 17/8, às 16 horas. Foi aprovada também a realização de assembleias nos locais de trabalho e Ato Público, em frente ao TRE/CE no dia 21/8, com realização de Assembleia Geral.

Pin It