Solidariedade como ferramenta de combate ao coronavírus

Em meio a pandemia, Sindicatos da base da Fenajufe entregam solidariedade em ações de apoio às comunidades e impactam a vida de centenas de pessoas

A pandemia de COVID-19 mudou a rotina do mundo inteiro. O isolamento social orientado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e também pelo Ministério da Saúde (MS) como medida protetiva, trouxe novas atitudes e percepção nas pessoas.

Em meio a essa tragédia mundial, acompanhamos o lado humanitário que tem feito milhares de pessoas a se dividirem em ações e gestos de solidariedade. As ações vão desde distribuição de cestas básicas, de produtos de higiene pessoal, a comidas preparadas para moradores de rua. E as Organizações Não Governamentais – ONGs, não estão solitárias na causa. O momento fez com que pessoas comuns, comerciantes, donas de casa, artistas e todos se unissem com o único propósito de ajudar aqueles que mais precisam.

Avaliando essa necessidade urgente de colaboração, a Fenajufe, não se furtando ao papel que lhe cabe junto aos servidores(as) do PJU e MPU e à sociedade de promover a solidariedade em tempos de pandemia, tomou a iniciativa de criar um hotsite para divulgar as ações e gestos de apoio e amparo desenvolvidos pelos sindicatos.

A construção dessa plataforma (hotsite) na internet depende do engajamento dos sindicatos, que  devem enviar para a Fenajufe as informações a serem divulgadas,  dando assim, visibilidade ao trabalho unificado em prol do bem coletivo.

Alguns estados já se mobilizaram com iniciativas positivas que feito a diferença na vida dos necessitados e desassistidos. 

Sindjufe/MS

O sindicato arrecadou o total de 7.850 reais entre seus filiados e reverteu na compra de Equipamentos de Proteção  Individual( EPIs) para os servidores da área da saúde que estão trabalhando em meio a Pandemia. Os equipamentos foram doados para uma maternidade neonatal de Campo Grande.

Solidariedade e Soberania Alimentar, e Mãos Solidárias. Sindjufe participas das duas campanhas voltadas para arrecadar alimentos para  a população de pessoas em situação de vulnerabilidade social tanto na capital quanto do interior.

Sisejufe/RJ

A entidade protagoniza várias frentes solidárias.

Cartilhas: o Sisejufe distribuiu cartilhas com orientações sobre a COVID – 19, sobre como se prevenir e o que fazer quando identificar os sintomas da doença.

Pia do Bem: Pias para uso comunitário em pontos estratégicos da cidade como forma de prevenção e higienização. A proposta é atender moradores em condição de rua e aqueles que estejam trabalhando durante isolamento social.

Campanha Fique em casa e apoie quem não tem casa: Por meio de doação online em dinheiro até o dia 30 de abril, o Sisejufe vai comprar materiais básicos de higiene e alimentação para distribuir entre os projetos sociais apoiados pelo sindicato e pela Arquidiocese do Rio de Janeiro.

 Sindjuf/ PA/AP

Para garantir que famílias em situação de vulnerabilidade tenham a proteção devida contra a COVID-19, o sindicato realizou ação social e distribuiu máscaras de tecidos nas comunidades carentes e em  um asilo localizado em Macapá. Policiais militares também receberam máscaras.

Sintrajud/SP

O Sindicato destacou em seu site as ações solidárias coordenadas por servidores de sua base, apontando os projetos e contatos para os demais que desejarem participar. A saber:

Projeto Formigueiro – Alexandre Zanella (TRT-2) – (11) 98578-4432

Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis – Fernanda Martins (TRT-2) – (11) 98580-8920

Grupo Emancipação Socialista/comunidade Santa Cristina – José Dalmo Duarte (TRF) – (11) 97019-0193

Grupo de solidariedade entre trabalhadores – Fausta Camilo Fernandes (aposentada da JF/Caraguatatuba) – (12) 99786-2217

Movimento Luta Popular – Raquel Morel Gonzaga (TRE) – (11) 98865-2045

Ocupação Anchieta, no Grajaú – Eveline Davi de Lima (TRE) – (11) 97368-2488

Fundo de Emergência para Sem-Teto afetados pelo coronavírus – Henrique Sales Costa (TRT-2) – (11) 98989-1289

 

Sitraemg/MG

Pelo site o Sindicato  em Minas convocou seus associados a aderirem a campanha. As ações são várias e estão elencadas no sitio do sindicato com disponibilização de dados para quem queira ajudar

A forma de ajudar não importa. Nesse momento o que prevalece é a proteção da vida.

Para instalar e alimentar a plataforma, um ofício (leia AQUI) assinado pelos plantonistas Edson Borowski e Erlon Sampaio foi encaminhado aos sindicatos filados. Nele, a Fenajufe solicita aos sindicatos que participem desta ação conjunta humanitária e informem a Federação através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., as ações a serem divulgadas.

Joana Darc Melo, da Fenajufe - Com apoio das Assessorias de Comunicação dos Sindicatos da Base

 

Pin It