Manobra de Maia pode facilitar tramitação da Reforma Administrativa na Câmara

A Resolução 53 proposta pelo presidente da Casa, se aprovada, permitirá que deputados votem a PEC 32/2020 de forma remota

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), apresentou no início de setembro a Resolução 53/2020 para autorizar reuniões de comissões, entre elas a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), por meio do Sistema de Deliberação Remota (SDR). Dessa forma, a Reforma Administrativa (PEC 32/2020), poderá tramitar de forma virtual. Além de ser um dos grandes defensores da reforma, Maia já afirmou que pretende aprovar a proposta ainda em 2020.

Nesse sentido, a Fenajufe reforça a importância da pressão junto aos deputados (veja lista no final da matéria) para evitar que a Resolução 53 seja aprovada e, assim, fazer com que o debate da Reforma Administrativa ocorra presencialmente.

Mais sobre o tema:

Sisejufe: Sindicato e categoria farão pressão para barrar Resolução 53 na Câmara dos Deputados

Reforma Administrativa: proposta atinge novos servidores e gera insegurança para os atuais

Dieese lança síntese sobre a PEC 32/2020

No último dia 9 de setembro, Maia tentou aprovar a resolução, mas, por falta de acordo, a Câmara adiou a análise da Resolução 53. Desde o início da pandemia, em março, as comissões na Câmara estão paradas. Neste período, só o plenário tem se reunido de forma virtual.

Carta aos parlamentares

A Federação disponibilizou, na sexta-feira (18), plataforma para que servidoras e servidores do PJU e MPU enviem carta aos parlamentares contra a Reforma Administrativa proposta por Guedes, Bolsonaro e Maia. Basta colocar o nome, e-mail e clicar em enviar. Todos os deputados e senadores receberão a carta. Aqui: https://bit.ly/3iVTnvK

Leia mais: NÃO à Reforma Administrativa! Envie aqui carta aos parlamentares em defesa de um serviço público de qualidade para todos

Acesse AQUI as redes sociais dos deputados. Pressione!

 

Raphael de Araújo, da Fenajufe

Foto: Luiz Xavier/Agência Câmara

Pin It