A Serviço do Brasil lança nova fase da campanha nacional contra a reforma administrativa

Ainda nesta fase, o Movimento aposta na produção de novo manifesto, com o objetivo conquistar o apoio de grandes nomes no país

A quarta fase da Campanha Nacional de Mídia contra a reforma administrativa – a PEC 32/20 – tocada pelo Movimento a Serviço do Brasil, já está no ar. A peça inicial foi ao ar nesta quinta-feira, 17, em vários formatos e integra o conjunto de ações na luta contra o desmonte do estado e dos serviços públicos.

Ao todo está previsto um aporte R$ 240 mil distribuídos entre ações com foco em rádio através da Agência RádioWeb; com influenciadores digitais e nas relações com a imprensa, pela produção de conteúdo orientado a esse público, tanto nacional como regional.

Criado pela Fenajufe em novembro de 2020, o Movimento a Serviço do Brasil tornou-se uma das maiores referências coletivas no trabalho de conscientização acerca da destruição e da desgraça que trará a PEC 32/20 ao povo brasileiro, caso seja aprovada.

Ainda nesta fase, o Movimento a Serviço do Brasil aposta na produção de novo manifesto, com o objetivo conquistar o apoio de grandes nomes das diversas áreas de atuação no país, além de ações nas redes sociais, imprensa e eventos.

Para a Coordenadora de Comunicação da Fenajufe e uma das fundadoras do Movimento, Lucena Martins, a luta contra a PEC 32/20 entra em sua fase mais aguda e requer ações bem planejadas para derrubar a reforma.

Também fundador do Movimento, o Coordenador de Comunicação da Fenajufe, Isaac Lima, vê como decisiva a atuação do Movimento a Serviço do Brasil para por fim à ameaça que a reforma administrativa representa para o país.

Com redes sociais e site próprios, o Movimento já espalhou suas mensagens em outdoors em todo o país, painéis de LED em Brasília e teve ações com influenciadores, como a influencer  Rita von Hunty, que sensibilizada pela causa, fez vídeo para o seu canal no YouTube, que contou mais de 240 mil visualizações. Somado a outros vídeos, a campanha contou com mais de 1 milhão de visualizações apenas no Youtube. (Com informações do Grupo InPress)

Pin It