fbpx

banner tv fenajufe

banner radio fenajufe

banner tv fenajufe

banner fenacast

banner tv fenajufe

banner radio fenajufe

banner tv fenajufe

banner fenacast

Servidores lotam entrada do Anexo II em mais um dia de mobilização intensa  contra a PEC 32

Atividades marcaram a tarde desta terça-feira em Brasília e governa recua mais uma vez; amanhã ato se repete com caminhada ao Congresso

Centenas de servidoras e servidores realizaram mais um ato contra a reforma administrativa em frente ao Anexo II da Câmara. As manifestações têm ocorrido toda semana desde que Arthur Lira (PP/AL), presidente da Casa, declarou que irá colocar o projeto em votação.

As coordenadoras Lucena Pacheco, Juscileide Rondon e os coordenadores Evilásio Dantas, Fabiano dos Santos, Thiago Duarte, Luiz Cláudio Correa, Roberto Policarpo, Fernando Freitas participaram das atividades.

Com delegação ou representação os Sindicatos de base; Sintrajufe/RS, Sintrajud/SP, Sitraam/AM, Sindjufe/MS, Sindjufe/MT, Sindjufe/BA, Sintrajufe/PE, Sisejufe/RJ, Sindiquinze/SP, Sindjuf/PB, além de servidores da base do Distrito Federal estiveram presentes.

As ações já provocaram o enfraquecimento no governo e a PEC 32 está cada dia mais distante de aprovação. Temendo derrota, Arthur Lira adiou por mais uma semana sua apresentação.

Enquanto acontecia o ato do lado de fora do Anexo, coordenadores e dirigentes sindicais fizeram corpo a corpo nas dependências internas do Congresso. A coordenadora Lucena Pacheco juntamente com os diretores do Sisejufe,Soraia Marca e Pietro Valério buscaram apoio com a senadora Eliziane Gama (Cidadania/MA) e o senador Carlos Portinho (PL/RJ).Juntos, os senadores afirmaram discordar do texto da proposta e garantiram intervir para que não haja"atropelo" pela aprovação do tema na casa.

Em entrevista para  o programa ”Amarelas On Air" da revista “Veja” na segunda- feira (18), Arthur Lira afirmou que a reforma administrativa tem muitas dificuldades para avançar.

Ao elencar “ausência de mobilização de quem defende a proposta”,“letargia do governo em agir com mais rigor a favor do texto” e “ausência de setores organizados”, percebe-se que o presidente da Casa está isolado e sem forças.

O projeto de reforma administrativa que o governo quer aprovar todos sabem que é o fim do funcionalismo. E não é só isso. A reforma vai trazer de volta a ingerência política, privatização dos serviços essenciais e precarização social.

Os parlamentares presentes ao ato reafirmaram que a mobilização tem feito o governo recuar. Nesse sentido, a orientação é unidade na luta para derrubar a PEC 32.

 

Aeroporto

Nesta semana a pressão nos aeroportos começou ainda na segunda-feira (18) Várias entidades mais uma vez expressaram contrariedade a proposta nos estados e em Brasília.  Na manhã desta terça-feira no aeroporto de Brasília o deputado Vinicius Poit (Novo-SP) chegou a agredir os manifestantes no momento do desembarque.

As atividades de combate continuam no resto da semana. Confira programação:

20/10: 09 horas - concentração no Espaço do Servidor com caminhada até o Congresso Nacional

20/10: 14 horas - vigília no Anexo II da Câmara;

21/10: manhã: atividade a definir;

21/10: vigília no Anexo II da Câmara.

Joana Darc Melo, da Fenajufe

Pin It

afju fja fndc