Dia 28 será de luta em defesa do serviço público e contra o desmonte do Estado

No dia da Servidora e do Servidor, atos virtuais e presenciais tomarão conta do País; utilize nas redes a tag #EuDefendoServicosPublicos

A próxima quarta-feira (28 de outubro), Dia da Servidora e do Servidor, será de luta em defesa do serviço público e contra o desmonte do Estado que o governo e alguns parlamentares, liderados pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, querem aprovar com a Reforma Administrativa (PEC 32/2020) e PECs do Plano Mais Brasil: 186 e 188/19.

Diversas atividades estão programadas para acontecer ao longo dia. Entre os encaminhamentos definidos na Plenária Nacional do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe), no último sábado,24, estão a realização de atos presenciais e virtuais, panfletagens, carreatas, apresentações em quase todos os estados, capitais e cidades.

Os Fóruns estaduais organizarão atos virtuais às 16h, replicando as atividades que ocorrerão ao longo do dia, transmitindo, também, atos presenciais. Participe e utilize nas redes sociais a hashtag #EuDefendoServicosPublicos.

Programação:

27 de outubro

14h - Lançamento do novo vídeo do Fonasefe, na campanha contra a reforma Administrativa. Facebook de várias entidades, incluindo a página da Fenajufe.

28 de Outubro

8h - Lançamento do novo vídeo da Frente do Serviço Público, na campanha contra a reforma Administrativa;

10h - Lançamento do vídeo-manifesto da Fenajufe, campanha nacional de valorização do serviço público e contra a reforma Administrativa

16h - Atos virtuais organizados pelos Fóruns estaduais;

18h - Live do Sindjufe/MS e Sindissétima/CE: Os impactos da Reforma Administrativa para os atuais servidores e concurseiros;

19h - Tuitaço contra a Reforma Administrativa;

Atos nos estados e DF contra a Reforma Administrativa.

O funcionalismo está sob ataque. E a luta não é só contra o governo Bolsonaro-Guedes, parte do parlamento, grande imprensa, banqueiros e representantes do mercado financeiro. O Facebook também está contra os servidores. A rede social de Mark Zuckerberg desativou, sem nenhuma explicação prévia, a página da campanha do Fonasefe contra a Reforma Administrativa.

Reportagem do Wall Street Journal publicada no dia 16 de outubro informou que, com aval de Zuckerberg, o Facebook tem priorizado conteúdos conservadores e de direita na plataforma, restringindo publicações de esquerda. Veja AQUI.

Leia mais: Fenajufe quer saber se sindicatos da base também sofreram restrições por parte do Facebook

Desse modo, os atos do dia 28 ganham importância imensurável diante do cenário apresentado, onde os servidores são os alvos.

A Fenajufe disponibilizou levantamento com a posição dos deputados e senadores sobre a Reforma Administrativa (PEC 32/2020) e Plano Mais Brasil. Acesse AQUI e pressione os parlamentares. A Federação reitera a necessidade de unidade para fortalecer a mobilização contra a retirada de direitos.

 

Raphael de Araújo, da Fenajufe

Pin It